Policiais do 4º BPM realizam média de três prisões por dia e apreendem uma arma de fogo a cada três dias

Os policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, durante o ano de 2017, 1.226 prisões e apreensões de adolescentes infratores, o que representa uma média de três por dia, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (11) pela Seção de Planejamento e Operações do Batalhão. Entre as prisões realizadas, estão os casos de flagrante (811), contravenções penais (146) ou cumprimentos de mandados de prisão (114) e, no caso dos adolescentes, eles foram apreendidos por atos infracionais (142) ou mandados de apreensão (13). Em relação às armas de fogo, foram 135 apreensões, o que significa que, a cada três dias, uma arma foi retirada de circulação pelos policiais do 4º BPM. 

Além destes números, que refletem o exitoso trabalho realizado pelos policiais em todas as 16 cidades que integram a área do 4º BPM, o comandante do Batalhão, tenente-coronel Gilberto, também ressaltou a redução dos CVLIs (Crimes Violentos Letais Intencionais) que, em Guarabira diminuíram no ano passado 23% em relação a 2016. Em toda a área do 4º BPM, que integra a 8ª Aisp (Área Integrada de Segurança Pública), a redução foi de 44 para 41 CVLIs, um percentual de mais de 5%. 

Ainda de acordo com os números divulgados pela Seção de Planejamento e Operações do 4º BPM, 90 veículos furtados ou roubados foram recuperados pelos policiais militares e houve ainda apreensão de substâncias entorpecentes: maconha (43,6 kg, 23 tabletes e 777 porções), crack (1,3 kg e 379 porções) e cocaína (54 porções).  

O tenente-coronel Gilberto voltou a ressaltar a importância do trabalho realizado de forma integrada entre os demais órgãos de segurança pública, incluindo, entre outros, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, assim como a recepção do Ministério Público e Justiça às cautelas decorrentes do trabalho de inteligência das polícias Militar e Civil. 

O comandante do 4º BPM citou também as operações policiais realizadas durante o ano de 2017, algumas de forma integrada com outros órgãos, como a Malhas da Lei, além da Cidade Segura, Impacto, Nômade, Saturação, Boas Festas e Feira Segura, em um total de 743 operações policiais realizadas pelo 4º BPM no ano passado.

Ascom/4ºBPM
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário