Camila pede informações ao Governo RC sobre falta de medicamentos para transplantados na Paraíba

SAÚDE -  A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) voltou a denunciar, nesta segunda-feira (16), que continua o problema da falta de medi...

SAÚDEA deputada estadual Camila Toscano (PSDB) voltou a denunciar, nesta segunda-feira (16), que continua o problema da falta de medicamentos de uso contínuo para os pacientes transplantados na Paraíba. A parlamentar solicitou ao Governo do Estado, por meio da secretária de Saúde, Cláudia Veras, informações sobre o problema.

Camila disse que recebeu informações que transplantados de fígado estão tendo dificuldades para ter acesso à medicação Tracolimus, que é essencial para não haver rejeição do órgão no organismo. Essas pessoas precisam tomar esse remédio todos os dias, senão podem vir a morrer. É uma medicação que não pode faltar e que não é comprada em farmácia.

“Transplantados em geral dependem do uso contínuo de determinados remédios que inibem a rejeição ao órgão que recebem, mas na Paraíba a falta de planejamento coloca a vida dessas pessoas em risco diante da falta do medicamento que precisam tomar após os transplantes”, disse.

De acordo com a deputada, são frenquentes as queixas e relatos de transplantados que necessitam do medicamento para viver. “Executivo que deixa faltar medicamento imunossupressor, utilizado por pacientes transplantados para reduzir o risco de rejeição, está praticando um crime de irresponsabilidade, pois pode fazer que o paciente apresente rejeição do órgão transplantado, podendo o levar a morte”, afirmou.

Assessoria 

LEIA TAMBÉM

POLITICA 8514891750838757143

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item