PB: servidores da Fundac decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Os servidores da Fundac decidiram, em assembleia realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos, no centr...

Os servidores da Fundac decidiram, em assembleia realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos, no centro de João Pessoa, deflagrar greve por tempo indeterminado no dia 19 de julho, próxima quarta-feira.

Em assembleia geral realizada no mês passado, a categoria deu um prazo até o dia 10 de julho, vencido na última segunda-feira, para que a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Fundac se posicionassem favoravelmente sobre a volta dos vales-alimentação no valor de R$ 220,00 implantados nos contracheques, rejeitando a proposta oferecida de R$ 110,00, além do agendamento de uma data para o início da reatualização do Projeto do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração-PCCR.

“ Nessa assembleia estipulamos prazos e se neste período não houvesse resposta positiva para nós, já tínhamos aprovado um indicativo de greve para este mês e como recebemos calado por resposta não sobrou outra alternativa à categoria senão deflagrar o movimento paredista”, justificou Lúcia Brandão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Fundac.

A presidente do Sintac informou também que o início do movimento será marcado por um ato público reunindo os servidores de todas as unidades em João Pessoa em frente ao CEA/CEJ às 08:00 horas para explicar aos familiares dos socioeducandos, já que será um dia de visita, as razões que os levaram à greve o mesmo ocorrendo também em frente ao Lar do Garoto, em Campina Grande. “Até lá ainda estaremos aguardando um aceno por parte do Governo para negociação, não queremos ser intransigentes”, disse Lúcia Brandão.

Na assembleia, foi instalado ainda o Comando de Greve, elaborado um calendário de atividades de mobilização e definidas comissões de trabalho. O Sintac espera a adesão da maioria da categoria, para paralisar os serviços das sete unidades socioeducativas no Estado, respeitando os 30% como estabelece a Lei de Greve.

Os Guedes

LEIA TAMBÉM

PARAIBA 8068412989839270891

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailler

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item