Header Ads


Água da Transposição pode chegar um dia antes do previsto a Monteiro, prevê DNOCS-PB

Durante mais uma visita do ministro da Integração, Helder Barbalho, as obras de Transposição do Rio São Francisco, desta vez em Sertânia e com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ficou constatado o cumprimento do cronograma determinado pelo governo federal e pelo Ministério, para as obras da Integração de Bacias em si e para as obras complementares. Devido ao seguimento deste cronograma, será possível, segundo o coordenado do Departamento Nacional de Obras contra Seca na Paraíba, Alberto Batista, antecipar em um dia a chegada das águas a cidade de Monteiro.

Além do ministro Helder Barbalho, do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e do coordenador do DNOCS-PB, Alberto Batista, que na ocasião também representou o senador José Maranhão, fizeram parte da comitiva, o secretário de Infraestrutura do MI, Dr Pádua, o senador Cássio Cunha Lima, além de deputados federais e estaduais.

Alberto Batista detalhou o cronograma onde estpa previsto a chegada das águas até Monteiro. Segundo ele, hoje a água está sendo bombeada do reservatório de Copiti (Custodia-PE) a 96km de Monteiro, em direção a quinta Estação de Bombeamento (EBV-5) na qual chegará no dia de 25 deste mês. De lá seque para a sexta Estação de Bombeamento (EBV-6) previsto para chegar em 2 de março e finalmente indo por gravidade até Monteiro com previsão de entrar na cidade no dia 5 de março, um dia antes do previsto inicialmente.

“A partir daí teremos em torno de 30 a 45 dias para que Boqueirão comece a receber estas águas e a partir daí a população que depende dela, realmente comece a planejar de forma racional e efetiva o uso da mesma”, destacou.

O Secretário de Infraestrutura do MI, Pádua, parabenizou o trabalho incansável do DNOCS e agradeceu a todos pela colaboração com esta, que é a maior obra para o povo nordestino.

Já Alberto, enfatizou o apoio do presidente Michel Temer, do ministro Helder Barbalho, e da equipe do senador José Maranhão, que sempre lutou pelas questões hídricas da Paraíba, em especial a Transposição do São Francisco, e ainda a toda bancada federal da Paraíba.

“É muito gratificante ver que, com muito trabalho e fé em Deus, e quando o que se faz é com muito amor e determinação, as ações fluem com naturalidade e os objetivos são alcançados”, finalizou. (RPT Assessoria)

Nenhum comentário