Silêncio, choro e chuva: Brasil e mundo dão adeus a guerreiros da Chape

Ole, olé, ole, ole, Chape, Chape! Vamos, vamos, Chape! O campeão voltou! Silêncio e emoção. Assim foram recebidos os 50 corpos de vítimas do acidente aéreo que matou parte do elenco da Chapecoense e jornalistas brasileiros na Colômbia. Neste sábado (03), a Arena Condá lotou para homenagear a Chape.

Voltaram para casa, definiram todos por lá, os quais acompanharam a chegada dos corpos das vítimas de longe desde a saída da Colômbia, passando por Manaus e depois finalmente chegando ao aeroporto de Condá, onde receberam honras militares e foram recebidos pelo presidente da república Michel Temer.  A "casa", a Arena Condá, foi o destino final.


A cerimônia foi encerrada com mensagens de jogadores de futebol de todo mundo. Neymar. Juninho Pernambucano, Marcelo Moreno, Mithyue (futsal), Leandro (Coritiba, ex- palmeiras), Everton (Grêmio), Edílson (Grêmio), Roberto Dinamite, Osvaldo  (Flu), Neto, Leo (ex- santos), Keirrison e Ariel falaram.

Depois das mensagens, o encerramento da festa foi marcado por uma volta dos parentes e amigos das vítimas pelo gramado. Todos foram aplaudidos. Os corpos de 16 vítimas (integrantes da comissão técnica, jornalistas e dirigentes) serão enterrados em Chapecó e o restante das pessoas veladas na Arena seguirão para suas cidades de origem.  (Bol / Uol Esporte)

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário