Guarabira: após perder pão, leite, e fubá no governo Ricardo – forças oposicionistas a Zenóbio estariam tentando impedir que mais leite e feijão da Conab cheguem ao municipio.

Prefeito lamenta e chama ato de 'sacanagem', mas que luta para que população não seja prejudicada.  - Foto: Reprodução /Facebo...

Prefeito lamenta e chama ato de 'sacanagem', mas que luta para que população não seja prejudicada. 

- Foto: Reprodução /Faceboo/PMG. 
Não queremos acreditar em uma ‘politicagem barata’ dessas, mas os rumores que tomam toda a Guarabira são que forças de oposição ao prefeito Zenóbio Toscano estariam arquitetando em Brasília para tentar impedir que o município não seja mais contemplado com o programa de alimentação da Conab em parceria com a Assistência Social da Prefeitura de Guarabira.

Após ficar no prejuízo até o presente momento com a perda do pão, do leite e do fubá, pelo governo Ricardo Coutinho, o povo guarabirense corre o risco de não mais ter direito a receber o feijão, que está sendo articulada a vinda pela prefeitura, pela deputada Camila Toscano e pela Superintendência da Conab na Paraíba; como aconteceu com a chegada de 30 toneladas de leite em pó integral, que está beneficiando, exclusivamente, mais de 6 mil famílias de baixa renda no município, conforme dados apresentados pelo secretário da Assistência Social Elias Asfora.

- prefeito Zenóbio (Foto: Reprodução / Facebook / PMG. 
O prefeito Zenóbio, pela primeira vez tocou nesse assunto, durante o seu programa semanal de rádio, nesta quinta-feira (5). Que a queixa de alguns opositores seus seria porque o prefeito de Guarabira é do PSDB, partido adversário da presidente Dilma. Porém, cá prá nós e o resto do mundo, se essa ‘pequinês’ viesse a acontecer o adversário do governo federal não seria o gestor, e sim, seria o povo que mais precisa da ‘terra das garças azuis’. E estaria sendo também a classe pobre guarabirense, adversária desses possíveis ‘botadores de terras’ que fazem oposição na cidade.

- Estão fazendo todo tipo de ‘sacanagem’ pra evitar que a Conab repasse o feijão para distribuirmos com pessoas carentes de Guarabira. É difícil de acreditar que alguém saia do seu lugar, alguns até indo à Brasília conversar com lideranças políticas com o objetivo de dizer que o prefeito é do PSDB, que não é o partido da presidente, para questionar, como é que se distribui leite em Guarabira nestas condições – revelou o chefe do executivo guarabirense.

O prefeito ainda lamentou a manobra, para ele ‘sacana’ da oposição

- Só lamento isso, pessoas que ao invés de ajudar, que se acham poderosas vão prejudicar as pessoas mais pobres do nosso município. Mas Deus está vendo, E espero com as graças Dele conseguir que a Conab venha liberar o feijão para nós distribuirmos com a nossa população – concluiu Zenóbio. 

O que pudemos colher foi que, para que alimentos da Conab cheguem até as pessoas humildes de uma cidade, o gestor tem que correr atrás, sair de trás do birô de seu gabinete, como contrapartida pagar o frete do carreto, como foi o caso da aquisição do leite pela Prefeitura de Guarabira, que desembolsou cerca de 15 mil reais para que o importante complemento alimentar pudesse chegar à mesa do povo carente do município.


LEIA TAMBÉM

CIDADES 7370920398454469358

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailler

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item