Na PB: Deputado denuncia ao MP situação dos PMs obrigados a trabalhar sem coletes, coturnos e outros EPIs

Fotos: Divulgação / BlogdoMarceloJosé / Edição: Plugados. 
O deputado estadual Cabo Gilberto Silva formalizou nesta segunda-feira, dia 3, uma denúncia junto ao Ministério Público da Paraíba sobre a situação dos policiais e bombeiros que estão sendo obrigados a trabalhar sem os equipamentos de proteção individual exigidos, a exemplo de coletes a prova de bala, cinto de guarnição, coturnos e tênis.

A denúncia foi formalizada junto ao NCAP –   Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial – órgão do Ministério Público da Paraíba, no final da tarde desta segunda-feira, dia 3. O deputado Cabo Gilberto Silva foi recebido pelo promotor de Justiça Guilherme Lemos.

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva formalizou os fatos relatados por policiais e bombeiros, que estão sendo obrigados a trabalhar sem que tenham recebido equipamentos de proteção individual.

Os policiais e bombeiros militares da Paraíba estão em movimento contra ação do Governo do Estado em retirar direitos, o achatamento salarial e a desvalorização da categoria.

MOBILIZAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA, DIA 4 – Nesta terça-feira, dia 4, os policiais e bombeiros vão se reunir na Praça da Independência, e de lá sairão em caminhada.

Após o início do movimento foi criado o “Polícia Legal” no sentido de que os policiais e bombeiros militares , na falta do Governo do Estado em distribuir equipamentos de proteção, os próprios profissionais acabam comprando esses equipamentos.

Fotos: Divulgação / BlogdoMarceloJosé. 

(*) Créditos: BlogdoMarceloJosé


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário