Produzido pela Codecom Guarabira, TV Senado exibe documentário sobre Dom Marcelo a partir deste sábado

Foto: Reprodução. 
A TV Senado, emissora oficial do Senado Federal, exibe a partir deste sábado (14/8), o documentário Dom Marcelo – Dom de Ternura, saudoso arcebispo, que comandou a Arquidiocese da Paraíba de janeiro de 1996 a maio de 2004. O sacerdote também ocupou a vice-presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre 1998 e 2004.  Antes, em 9 de novembro de 1981, aos 53 anos, foi designado bispo da recém criada Diocese de Guarabira, no 'Brejo' da Paraíba. 

A estreia da exibição acontece neste sábado (14) às 19h30. Com reprise domingo (15) às 19h30, sábado (21) e domingo (22) às 17h30, sábado (28) às 07h30 e domingo (29) ao 12h.

O documentário conta a vida e a obra de Dom Marcelo Marcelo Pinto Carvalheira, que nasceu no dia 1º de maio de 1928, em Recife (PE). Filho de Álvaro Pinto Carvalheira e Maria Tereza Mendonça Carvalheira, uma família de origem portuguesa. Dom Marcelo faleceu no dia 25 de março de 2017.

O religioso entrou no Seminário Arquidiocesano de Olinda em 1944. Em 1946 foi para a Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, na Itália, onde cursou a Filosofia e a Teologia. Foi ordenado padre no dia 28 de fevereiro de 1953, ainda na capital italiana.

Dom Marcelo foi o quinto arcebispo da Paraíba, sucedendo o saudoso Dom José Maria (o “Dom Pelé”). Tornou-se um dos mais importantes colaboradores de Dom Hélder Câmara – Bispo Emérito do Brasil, ao lado de quem, durante o Regime Militar no Brasil, defendeu os líderes católicos perseguidos. Dom Marcelo foi preso e torturado. 

O documentário foi produzido pela Coordenação Geral de Comunicação Social da Prefeitura de Guarabira (Codecom), com apoio da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). [Sendo realizado por ocasião da inauguração do memorial à Dom Marcelo, instalado na cidade há mais três anos, em 1º de maio de 2018, na gestão do então prefeito Zenóbio Toscano (já falecido), tendo como então vice-prefeito, Marcus Diôgo (atual gestor do município) e como secretário de Cultura e Turismo, na época, o professor Percinaldo Toscano.

O mesmo documentário também já foi exibido pela TV Assembleia, a emissora oficial da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba.

Onde assistir? – Em canais abertos UHF (dependendo da localidade), por assinatura e parabólicas; e, ainda, poderá assistir na internet, por meio dos seguintes links: youtube.com/tvsenado (Youtube) ou https://www12.senado.leg.br/tv (site oficial do Senado Federal)

Video-chamada

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário