Cultura: inscrições para a 15ª edição da Primavera dos Museus vão até dia 22 de agosto

Instituições podem ofertar atividades como teatro, seminário, exposição, cinema, visita mediada e debate. 

Museus, instituições de memória, espaços e centros culturais de todo o país podem participar. Foto: Museu Histórico Nacional. 
Representados por objetos históricos ou obras de arte, os museus preservam os momentos da experiência e da vida humana. E para incentivar que as pessoas visitem esses espaços e conheçam mais sobre nossa história o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove a 15ª edição da Primavera dos Museus. O evento que é realizado todos os anos ocorre entre os dias 20 e 26 de setembro.

Museus, instituições de memória, espaços e centros culturais de todo o país ainda podem participar da 15ª edição da Primavera dos Museus. São aceitas atividades como show, teatro, seminário, exposição, cinema, visita mediada, debate, lançamento de livro, workshop, festival, entre outras. É importante que seja feito o cadastramento completo das atividades propostas na inscrição para participar do evento.

Serão realizados eventos virtuais e também presenciais. “São eventos presenciais também, obedecendo às regras sanitárias de segurança de cada localidade, com visitação guiada, alguns debates, alguns eventos virtuais, mas muitos presenciais”, disse o presidente do Ibram, Pedro Mastrobuono. “Existe toda uma logística, inclusive com agendamento prévio de quem pode visitar para que a parte sanitária seja obedecida”, afirmou.

As inscrições para esta temporada encerram no próximo domingo (22) e podem ser realizadas pela internet.

Museus: perdas e recomeços

A cada ano, o Ibram lança um tema diferente para nortear as atividades dos museus. Segundo a organização do evento, o tema deste ano, "Museus: perdas e recomeços", é um convite à reflexão sobre a função dos museus neste momento de tantas perdas pela qual o Brasil e o mundo passaram, com impacto não somente no presente, mas também nas memórias e no futuro dos brasileiros.

“As perdas são materializadas em toda a área da atividade humana. E no momento de pandemia, como este, é a oportunidade maravilhosa para os museus, que tem um repositório de experiências humanas nessa área de perdas, poder devolver um pouco disso para a sociedade”, disse Pedro Mastrobuono.

A 15ª edição da Primavera dos Museus também marca a reabertura de parte desses espaços que permaneceram fechados por mais de um ano em virtude das restrições impostas pela Covid-19.

Primavera dos Museus

A Primavera dos Museus é realizada desde 2007. Entre os objetivos estão: promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros; aumentar o público visitante; e intensificar a relação dos museus com a sociedade.

De acordo com o Ibram, mesmo em formato virtual, os museus que participam dessa ação conseguem alcançar importantes resultados, como democratização do acesso ao museu e seus acervos, maior envolvimento da comunidade, fortalecimento da imagem da instituição e aumento de sua visibilidade. Desde a primeira edição, houve um crescimento de 18% na participação dos museus e os eventos cadastrados cresceram, em média, 21% ao ano. (*) Com Governo do Brasil, site oficial.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário