Rainha Elizabeth homenageia serviço de saúde britânico por trabalho na pandemia

Foto: Divulgação / Istoé. 
A rainha Elizabeth concedeu ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) a Cruz de George –a mais alta honraria civil do país– em reconhecimento pelos 73 anos de trabalho dedicado, inclusive durante a pandemia de Covid-19. 

A homenagem só foi concedida coletivamente duas vezes antes, e somente uma vez pela rainha.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, disse que a honraria é um símbolo da gratidão da nação.

“Os funcionários do NHS cuidam de nós e nossos amigos e familiares na linha de frente de uma pandemia há mais de um ano, e testemunhei sua coragem em primeira mão”, disse Johnson, que foi tratado de Covid-19 em uma unidade de tratamento intensivo do NHS no ano passado.

“Sei que todo o Reino Unido está comigo ao homenagear e agradecer por tudo que o NHS fez por nós, não somente no ano passado, mas desde sua criação.”

O NHS foi estabelecido em 1948 como peça central das reformas sociais após a Segunda Guerra Mundial, com a missão de oferecer cuidados de saúde abrangentes e universais às custas do Estado.

O executivo-chefe do NHS, Simon Stevens, disse que a homenagem reconheceu a habilidade, a compaixão e a coragem de funcionários de todo o serviço na reação à pior pandemia em um século.

“Destes tempos sombrios, surge o melhor do que significa ser um cuidador e um profissional de saúde”, disse ele. (*) Istoé


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário