Após decisão do STF, deputado paraibano ganha força para disputar presidência da Câmara

Supremo Tribunal Federal negou a “releitura” da Constituição para permitir as candidaturas de Maia e Alcolumbre. 

O deputado federal Agnaldo Ribeiro (PP-PB). Foto: Divulgação / Agência Câmara. 
O deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) é um dos cotados para a disputa da presidência da Câmara dos Deputados. O parlamentar foi beneficiado com o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que vedou a reeleição dos mandatários da Câmara e do Senado em uma mesma legislatura.

Aguinaldo integra um grupo de parlamentares que poderão ter o apoio do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). Além do paraibano, são lembrados Baleia Rossi (MDB-SP) e Marcos Pereira (Republicanos-SP). Um deles deve ter o apoio do democrata para fazer frente ao nome apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O nome do Bolsonaro para a disputa deverá ser Arthur Lira (PP-AL). Ele é o líder do PP na Câmara dos Deputados e se aproximou do presidente nos últimos anos. Ele vem ganhando, nos bastidores, o apoio também do PL. Dentro do próprio partido, no entanto, há um racha, com um grupo se recusando a segui-lo se tiver o apoio de Bolsonaro.

De acordo com pessoas próximas a Aguinaldo Ribeiro, ele conta com esse racha para se fortalecer. O apoio de Rodrigo Maia, vale ressaltar, é importantíssimo nesta articulação.

O julgamento que barrou as candidaturas de Maia e Alcolumbre foi provocado por ação movida pelo PTB. O Supremo firmou maioria contra a reeleição de Davi Alcolumbre, no Senado, pelo placar de 6 a 5. Em relação a Maia, o placar foi de 7 a 4.

Foram contra a reeleição de Maia os ministros Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia, Rosa Weber, Luiz Roberto Barroso, Edson Fachin, Luiz Fux e Nunes Marques. No caso de Alcolumbre, Nunes Marques votou pela permissão de uma única reeleição. (*) Blog do Suetoni


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário