'O governador só afastou o major porque a coligação era sua aliada na cidade de Guarabira', repudia deputado Cabo Gilberto

Foto: Reprodução / Vídeo do Instagram. 
Em postagem feita no Instagram através de texto e vídeo, o deputado estadual Cabo Gilberto Silva, repudiou a atitude do Governo do Estado de ter afastado o major PM Silva Ferreira, em Guarabira, por ter ordenando os seus comandados a prender sob acusação de desacato durante movimento partidário nesse domingo (2), o advogado Fábio Meireles, representante da coligação ‘Somos todos Guarabira’ apoiada pelo governador João Azevedo na cidade. O parlamentar disse que o governador somente afastou o policial em virtude da coligação ser aliada do governo em Guarabira.

Veja as declarações do deputado Cabo Gilberto

“Governador afasta Major da Polícia Militar que comandava a fiscalização de determinação da justiça eleitoral na cidade de Guarabira.

Mesmo sem apuração dos fatos.

Na atividade policial o que existe é a presunção da culpa e não da inocência, como determina a Constituição Federal.

Afirmo de forma veemente, o governador só afastou o major porque a coligação era sua aliada na cidade de Guarabira!

Se o governador prezasse pela imparcialidade esperaria a rigorosa apuração da prisão e, no final, quem errou que pagasse, como determina nossa legislação. Porém ele já condenou o Policial que estava de serviço defendendo o Estado.” 



Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário