Sertãozinho: prefeito à reeleição é preso acusado de causar aglomeração após convenção

Antonio de Elói. Foto: Reprodução / Rdes Sociais.
O prefeito de Sertãozinho, Antônio de Elói (Cidadania), foi preso por policiais militares na noite dessa quarta-feira (16), acusado de causar aglomeração de pessoas e assim descumprir o que estabelece a Justiça Eleitoral nestas eleições devido a pandemia do coronavirus.

De acordo com informações que colhemos a policia teria constatado um movimento com dezenas de pessoas no centro da cidade, prestes a sair em passeata, após o encerramento da convenção do partido do prefeito e de aliados, que aconteceu na Câmara de Vereadores; quando foi dado voz de prisão ao mesmo, e o conduzindo à Delegacia de Polícia Civil de Guarabira.

Após ser ouvido pelo delegado de plantão, sob amparo dos seus advogados o prefeito Antônio de Elói foi liberado. A ocorrência deverá ser relatada pela PC a Justiça Eleitoral.

@RedaçãoPlugados


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário