Extraordinária: ALPB presta homenagem aos ex-deputados Zenóbio Toscano e Nivaldo Manoel

Os ex-deputados Zenóbio Toscano e Nivaldo Manoel. Foto: Divulgação. 
A Assembleia Legislativa prestou homenagem póstuma, na sessão remota extraordinária dessa quinta-feira-feira (18), aos ex-deputados Zenóbio Toscano e Nivaldo Manoel, que morreram no último domingo (14) e terça-feira (16), respectivamente. A iniciativa partiu do presidente Adriano Galdino, que destacou a importância dos dois ex-parlamentares para o Poder Legislativo Estadual e para o povo paraibano. Todos os parlamentares presentes se pronunciaram, ressaltando as qualidades dos dois parlamentares e dirigindo condolências às famílias enlutadas nas pessoas da deputada Camila Toscano e da vereadora pessoense Eliza Virgínia, filhas dos homenageados.

Se dirigindo à deputada Camila Toscano, o deputado Adriano Galdino disse que Zenóbio deixa muita saudade ao parlamento estadual, à administração pública e ao povo paraibano. “Era um exemplo de homem público da Paraíba. Exemplo de amor à sua terra, à sua gente; amor especial por Guarabira (que não era sua terá natal, ele era de Ingá), mas tinha um amor especial por Guarabira, pela qual teve muitas realizações, através de todos os cargos que ocupou na vida pública”. 

Da mesma forma o deputado, em nome do Poder Legislativo Estadual, manifestou profundo pesar da classe política e do povo paraibano à família do ex-deputado Nivaldo Manoel, na pessoa da vereadora Eliza Virgínia, “que teve uma rápida passagem pela ALPB, mas também deixou sua marca de conduta ilibada e honradez”.

O deputado Branco Mendes lembrou do privilégio de ter convivido com Zenóbio Toscano no Plenário da ALPB disse que se sentiu chocado com a morte do colega num momento tão difícil da vida nacional, em meio à pandemia do Coronavirus. “Eu quero registrar essa grande perda dizendo que nós estamos vivendo um momento de muita tristeza, de muitas perdas, de muitas dores e, com certeza, só rogado a Deus para que nos proteja e nos livre de mal”.

“Eu tive o prazer especial de conviver com Zenóbio na Assembleia Legislativa”, disse o deputado Jeová Campos, lembrando o tratamento “muito rico de elegância” do então líder do Governo Cássio Cunha Lima com um deputado de oposição. “Era um grande amigo, homem que tratava a todos com igualdade”, acrescentou o deputado Tião Gomes, lamentando a morte tanto de Zenóbio quanto de Nivaldo Manoel, e prestando sua solidariedade às famílias dos ex-deputados.

Raniery Paulino revelou que Zenóbio Toscano acabou se transformando num grande incentivador de sua carreira política, enquanto líder do grupo adversário na política de Guarabira. “Eu tenho muita gratidão a Zenóbio, não por ele ter participado da minha vida, mas por ter me obrigado a me preparar muito para enfrentá-lo politicamente. Zenóbio era um homem de inteligência rara”, disse. O deputado Wilson Filho endossou as palavras de Raniery e manifestou sua solidariedade à família Toscano, na pessoa da deputada Camila: “eu tinha muitas coisas para falar, mas acho que as palavras de Raniery resumem tudo neste momento triste que o parlamento estadual está passando”.

O deputado Buba Germano narrou um episódio que selou sua amizade com Zenóbio Toscano, quando estava concorrendo, em 2004, à prefeitura de Picuí. “Ele foi fundamental naquele ano, quando ninguém acreditava a minha candidatura. El foi, em nome do governo do estado, ser solidário comigo e me levou à vitória. Depois, como prefeito, retribui e continuei votando nele”, revelou.

Para o deputado Tovar Correia Lima, Zenóbio Toscano “é parte de uma referência de homem de bem, de fazer o certo na política”. O deputado, que tem amizade pessoal com Camila Toscano lembrou, ainda que sempre orientou à colega consultar o pai nos momentos de tomar as decisões mais importantes. O deputado Taciano Diniz manifestou suas condolências às famílias de Zenóbio e Nivaldo Manoel, estendendo seus sentimentos a todas famílias dos profissionais de saúde que morreram na linha de frente de combate ao Coronavirus na Paraíba. ‘É um momento difícil na vida de cada um. Só sabe a dor da perda quem passa por isso”, disse.

O deputado Inácio Falcão disse que teve uma convivência muito rápida com Zenóbio e Nivaldo no cenário político paraibano, destacado que a morte dos dois “traz um momento de reflexão do que é a vida e do que significa a perda de dois políticos que se dedicaram a fazer o melhor pelo povo paraibanos”. Esta, segundo o deputado Chió, é uma semana atípica, marcada pela perde de duas lideranças políticas. “Essas pessoas que falecem nos deixam tristes, mas por outro lado, com um sentimento de legado para todos nós”, frisou.

“Quero me solidarizar com a deputada Camila e com a vereadora Eliza e com todas as pessoas que perderam familiares neste momento tão difícil da vida do País”, declarou a deputada Cida Ramos, destacando que diante de muita ruptura, muita dor, “só a solidariedade pode nos ajudar a atravessar esse momento”. A deputada Estela Bezerra corroborou coma as palavras de Cida, lembrando o compromisso que Zenóbio Toscano tinha com as políticas públicas. “Eu sei o que é a dor da perda de um pai e também o legado que ele deixa. A Memória que teremos que cultivar para sempre”, observou.

A deputada Jane Panta disse que também não teve uma convivência política com Zenóbio Toscano, mas deu um depoimento emocionante, colocando o seu ombro o seu abraço e o seu carinho à disposição de Camila “neste momento em que temos que nos apegar cada vez mais a Deus”. Já a deputada Pollyanna Dutra lembrou que passou por um momento semelhante quando da morte do seu marido, que também faleceu na condição de prefeito. “Ele deixa um legado mito forte na cidade da Guarabira e na Paraíba. Suas obras e os seus feitos se eternizarão”, declarou

Defesa dos Direitos Humanos
O depoimento do deputado Anísio Maia ressaltou a atuação de Zenóbio Toscano na defesa dos direitos humanos. Ele destacou que Zenóbio Toscano foi um deputado altamente solidário com os anistiados perseguidos pela Ditadura Militar no estado da Paraíba. “Eu particularmente, fui beneficiado pelo grande apoio que o gabinete dele deu a todos os anistiados, no momento que foi criada a Comissão de Anistia, principalmente”, disse.
Anísio lembra que Zenóbio foi convidado pelo ministro da Justiça José Gregori, no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, para participar da instalação da Comissão Nacional da Anistia, “pelo seu trabalho em prol dos anistiados da Paraíba. Ele colocou todo o seu gabinete à disposição dos anistiados e levava pessoalmente os processos para Brasília. Então, o seu gabinete conseguiu organizar 270 processos dos anistiados na Paraíba”, acrescentou.

O deputado Bosco Carneiro ressaltou que Zenóbio Toscano “é um exemplo de caráter, de honradez, de posições críticas, e de ações. “Tudo que se diz nesta Casa a respeito de Zenóbio é a pura verdade, especialmente para quem, como eu, conviveu intensamente com ele, aduziu o deputado Ricardo Barbosa (PSB). “Nada pode ser mais alentador para a alma sofrida dos parentes próximos de um ente querido que nos deixa, como os depoimentos que colhem da honestidade, da integridade, da ética, da capacidade, do dinamismo, de lealdade, entre outras muitas qualidades de Zenóbio Toscano. Vai-se o homem, o político. Ficam a obra e o legado”, frisou.

O deputado Jutay Meneses ressaltou o “exemplo de amor e de paixão pelo que faz”, que se podia identificar nas ações de Zenóbio Toscano. Para o deputado Eduardo Carneiro, o político guarabirense “é uma referência não só para quem conviveu com ele, mas também para quem acompanha a história da política paraibana, especialmente para a nova geração da política estadual”. 

O deputado Anderson Monteiro lembrou que ele e Camila Toscano são exemplos de políticos que herdam parte do legado dos país na vida pública. “Zenóbio é um exemplo de seriedade, probidade e responsabilidade na Paraíba. Por trás de um grande político existe sempre um grande ser humano”, disse. A deputada Doutora Paula disse que Camila dará continuidade à grande obra política do pai, “porque herdou dele muitas das qualidades que o colocam na galeria dos grandes políticos paraibanos”.

No final dos depoimentos, a deputada Camila Toscano, visivelmente emocionada, agradeceu as homenagens dos colegas parlamentares ao seu pai, dizendo que aprendeu acompanhando Zenóbio Toscano na sua vida pública, especialmente nos cinco mandatos que exerceu na Assembleia Legislativa, “onde fui extremamente bem acolhida, principalmente por ser filha de quem eu sou. Eu entrei na política por ele e com ele e ele sempre será a minha maior referência. Eu sempre conversei muito com o meu pai sobre política. Ele me orientava, me guiava sempre para o melhor caminho. Agora mais do que nunca eu sei que nasci para continuar o seu legado, para me guiar pelos que ele me ensinou , resumiu a deputada. (*) Agência ALPB

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário