Carlos Bolsonaro critica novamente comunicação do governo

Filho 02 [do presidente] fez declaração no Twitter. ‘Lamentável somente nós lutarmos’. 
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Foto: Caio César / CMRJ. 
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) voltou a atacar a equipe de comunicação do Planalto, nomeada pelo pai dele, o presidente Jair Bolsonaro. Em mensagem publicada em perfil no Twitter, nesta 4ª feira (25.dez.2019), escreveu ser “lamentável” ter que mostrar o que tem sido feito de bom 24h por dia enquanto “se vê uma comunicação do governo que nada faz”.

A mensagem é acompanhada de uma charge. Dentro da imagem, uma única pessoa vai em 1 balcão onde está escrito: “Pressione o Congresso pra não fazer merda”. No outro balcão, com dezenas de pessoas, está escrito: “Pressione o Presidente pra limpar a merda do Congresso”.
Na semana passada, em 19 de dezembro, o filho 02 de Jair Bolsonaro havia criticado a comunicação do governo, comandada pelo secretário Fabio Wajngarten.

Carlos compartilhou no Twitter 1 vídeo em que o presidente insinua influência do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), com a operação do Ministério Público que mirou endereços do senador Flavio Bolsonaro (sem partido-RJ) e de assessores dele.

“Se eu fosse comunicação do governo, o que sempre foi uma bela de uma porcaria, só neste vídeo trabalharia umas 5 mensagens facilmente. Se não fosse o voluntarismo de quem quer o bem deste país não sei o que aconteceria. De resto, qualquer ilação é lixo”, escreveu Carlos. O vídeo traz declarações de Bolsonaro a jornalistas feitas em 19 de dezembro na portaria do Palácio da Alvorada.

Carlos tem 1 histórico de críticas públicas à integrantes do governo. No início do ano, o vereador disparou diversos ataques ao então ministro Alberto Santos Cruz, que coordenava a comunicação do Planalto. O presidente demitiu Santos Cruz em 13 de junho. (Créditos: Poder360)

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário