Tiago contabiliza Neide fora da situação e Leonardo fala em ‘separar joio do trigo’

O vereador Tiago do Mutirão (PSDB) disse que já conta, subtrativamente, com a vereadora Neide de Teotônio (Cidadania) fora do grupo de situação em Guarabira. Para o parlamentar líder da bancada que dá sustentação ao prefeito na Casa Osório de Aquino, a vereadora tem se posicionado divergente a atual gestão municipal.

Na última terça-feira (15), Tiago e Neide discutiram; entre os imbróglios a vereadora disse ao colega que usava a tribuna, ter o mesmo mudado o discurso, que era igual ao dela. O representante do Mutirão retrucou-a, lembrando que não mudou, pois continua no mesmo lugar onde sempre esteve, já a vereadora, a qual é mais antiga no grupo Toscano que ele, não mais. Neide e o seu esposo, o advogado Teotônio Assunção, se declararam pré-candidatos a prefeito de Guarabira.  O casal poderá oficializar oposição  a atual gestão municipal neste domingo  durante evento do PDT na cidade.

O grupo de situação que tem o prefeito licenciado Zenóbio Toscano (PSDB), como comandante ainda não escolheu o pretenso sucessor, porém acredita-se que seja o vice-prefeito Marcus Diogo  (PSDB), que ora administra o município de forma interina.  E vem dando continuidade à gestão no estilo ZT de governar.

Tiago  do Mutirão ainda disse que entre Neide e Marcos de Enoque (PSDB), acredita que o representante do bairro do Cordeiro continua no grupo e que segue votando com a bancada situacionista. Mas aconselhou Marcos, que é seu compadre, não tomar decisões indo pela cabeça dos outros, e sim, de próprio pensamento. Marcos é muito ligado ao casal Teotônio. 

O vereador também de situação,  Leonardo Macena (Cidadania), usou a tribuna nessa quinta-feira (17), e quando tocou no assunto, foi mais enfático que o colega Tiago, quando disse que a partir da próxima semana, usando uma celebre frase bíblica, será ‘separado o joio do trigo’, e incluiu além da vereadora Neide de Teotônio, o colega Marcos de Enoque.

No atual cenário a bancada de situação é formada por 8 parlamentares. A paulinista por 5. A do girassol por 2 vereadores, que faz tempo que não se entendem. Informações de bastidores prevêem alterações nas três bancadas até as vésperas da campanha eleitoral do ano que vem.


@RedaçãoPlugados

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário