ALPB aprova projeto de Camila que determina investigação imediata do desaparecimento de pessoas

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (22), por unanimidade, o Projeto de Lei Ordinária 279/2019 que determina a investigação imediata de pessoas desaparecidas. A propositura é da deputada estadual Camila Toscano (PSDB) e agora segue para análise do Executivo Estadual.

“Muitas vezes as famílias vão comunicar o desaparecimento e a autoridade policial quer aguardar um prazo maior para registro de ocorrência e início da investigação”, destaca a parlamentar. A matéria também garante às famílias de pessoas desaparecidas o atendimento psicológico e social.

A propositura estabelece que a investigação de pessoas desaparecidas seja realizada imediatamente após o registro de desaparecimento e veda a recusa ou a prorrogação do registro da ocorrência pela autoridade policial responsável pelo recebimento.

Nos últimos dois anos, o Centro Integrado de Operações Especiais (CIOP) da Paraíba recebeu 529 ocorrências de pessoas desaparecidas no Estado. Não há, no entanto, nem no Estado, nem no país dados precisos sobre o número de pessoas desaparecidas. Estimativas indicam que no Brasil 200 mil pessoas desaparecem todos os anos no Brasil.

Assessoria

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário