Homem é encontrado morto com sinais de tiro na cabeça, no sítio Quati em Guarabira, PB

A vítima foi identificada como sendo Pedro Neto, da cidade de Patos, e teria vindo à Guarabira vender um gado. 
Vítima (Foto: Reprodução / WhatsApp). 
Um homem foi encontrado morto com sinais de perfurações de balas na cabeça e nas costas, na noite deste sábado, 8, no sítio Quati, na zona rural do município de Guarabira, no Agreste paraibano. Ele foi identificado como sendo Pedro Morais Medeiros Neto, de 37 anos de idade, morador da cidade de Patos, no Sertão paraibano, e teria vindo à Guarabira vender um gado. 

De acordo com as informações preliminares colhidas das redes sociais, a vítima ainda não identificada por não portar documentos, foi encontrada sem vida em uma estrada, próxima a unidade escolar da comunidade citada, que fica por trás do memorial de Frei Damião. Moradores locais não reconheceram o corpo.

A polícia esteve no local, junto com uma equipe do Numol, que fez a remoção do corpo.

Fato novo - Segundo informações colhidas, neste domingo, do website Patosonline.com, Pedro veio à Guarabira vender um gado e, baseado em relatos policiais, ele pode ter perdido a vida por não estar mais com o dinheiro em mãos e sim já depositado no banco. Pois a quantia da venda dos animais foi encontrada pela pericia na conta da vítima, levando a crê que o sertanejo teria efetuado o depósito do referido valor antes de ser assassinado.

Pedro Neto (Foto/divulgação/Patosonline) é filho de uma comerciante de nome Marta, dona de um supermercado em Patos. Ele era casado e pai de dois filhos.

A polícia segue investigando o caso.

Atualizada às 22h02 de dom, 09/06/2019

@RedaçãoPlugados
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário