“Deixa o Gaeco trabalhar”, diz Cartaxo quando questionado sobre a Operação Calvário

O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV) comentou, nesta segunda-feira (6), os últimos acontecimentos referentes à ‘Operação Calvário’, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba.

Entretanto, ele evitou antecipar qualquer ação judicial ou pretensões políticas antes do desfecho final das investigações que têm como alvos ex-secretários do governo do Estado por possíveis irregularidades em contratos com a Organização Social Cruz Vermelha.

Para o gestor da Capital paraibana, os órgãos competentes e a sociedade têm cumprido seus papéis no processo.

“Essa discussão é uma questão da Justiça. A gente percebe que as instituições estão funcionando muito bem, de forma transparente e cada um cumprindo com seu papel. A sociedade está atenta a tudo isso que está acontecendo e isso é o mais importante. Deixa o Gaeco, o Ministério Público e a Justiça trabalharem”, destacou.

Blog do Anderson Soares

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário