Virgolino rebate Ricardo e diz que ex-governador está desesperado porque cerco contra ele está se fechando

O deputado estadual, Wallber Virgolino (Patriotas) rebateu o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que o acusou de ser demitido da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte por associação à organizações criminosas e insinuou que o deputado foi exonerado do Governo da Paraíba por atos ilegais. Virgolino declarou deixou o governo por não compactuar com corrupção e acusou Ricardo.

”Ele não me demitiu porque eu sou concursado. Agora, o real motivo da minha saída foi porque ele queria terceirizar a alimentação da Administração Penitenciária para pode superfaturar. Queria pular de R$ 25 milhões para R$ 45 milhões com a mesma quantidade de presos e eu não concordei com isso. Ele é um falso moralista, um demagogo”, afirmou.

Virgolino disse que o socialista é o chefe da quadrilha que protagonizou o maior escândalo de corrupção da Paraíba e ressaltou que está acionando o Ministério Público para apurar a utilização indevida da viatura da Infraero.  “Ele está desesperado. O cerco está se fechando e a cabeça dele está a mil. Ele sentiu a pancada, sentiu o golpe. Se ele é tão valente, ele escolha as armas e canto para agente decidir”, finalizou.

Por fim, o patriota ironizou o socialista, que afirmou que Wallber não tinha qualificação moral e intelectual para fazer o debate. “Realmente, não tenho qualificação para o crime organizado. Não tenho qualificação para assassinar Bruno Ernesto. Não tenho qualificação para orgias e para o consumo de drogas. Muito menos para os escândalos da Cuiá. Sou pai de família, cidadão honrado. A Paraíba me conhece e descobrirá a verdadeira face de Ricardo Coutinho.

Créditos: Blog do Anderson Soares

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário