Fonoaudióloga fala sobre importância da voz e destaca que maçã e frutas cítricas são aliadas da saúde vocal

Fonoaudióloga Claudionária Torres (Foto: Ascom / Hapvida). 
DIA DA VOZNesta terça-feira (16), data em que se celebra o Dia da Voz, a fonoaudióloga do Hapvida em João Pessoa, Claudionária Torres, fala dos cuidados necessários com a voz e explica como ela é produzida. Mas, a primeira recomendação é simples: a atenção com esse importante instrumento de comunicação não deve se limitar apenas a quem trabalha com ele. A especialista informa que alimentos como maçã e frutas cítricas são aliados da voz.

De acordo com a especialista, as principais estruturas responsáveis pela produção vocal são as pregas vocais. “Elas ficam localizadas na laringe e para que a voz seja produzida é necessário que o ar, vindo dos pulmões durante o ato de expiração passe pelas pregas vocais, fazendo com que elas vibrem. Essa vibração ou som é o que chamamos de voz”, explica.

Claudionária Torres afirma que algumas atitudes que costumamos tratar como normal muitas vezes provocam problemas na voz. “Falar muito alto ou em ambiente muito ruidoso, tensão e/ou esforço ao nível de pescoço e ombros durante a fala, falar durante longos períodos de tempo e pigarrear excessivamente são alguns fatores que contribuem para problemas na voz”, esclarece.

Entre as doenças que podem desencadear problemas de saúde, devido ao mau uso da voz, são os nódulos vocais, pólipos e cistos. Os sintomas incluem rouquidão, voz soprosa e falhas na voz. Além de garganta seca, necessidade de pigarrear, que tendem a progredir por dias ou semanas. “O indivíduo acometido por qualquer alteração vocal, seja ela por mau uso ou alguma perturbação no funcionamento das pregas vocais, pode chegar ao grau de afonia, que é a perda total da voz”, afirma a fonoaudióloga.

A fonoaudióloga ainda alerta que “a voz é extremamente importante e essencial para a comunicação com outras pessoas, assim como para expressar os próprios sentimentos (por meio do canto, por exemplo), logo, ela passa a nos representar e se torna nossa identidade”.

Além disso, a especialista lembra que as pessoas tendem a valorizar a voz apenas quando são acometidos por alguma alteração vocal (transitório ou permanente), e se veem quase impossibilitados de se comunicar. “Cuidar da voz e estar atento aos primeiros sintomas de alteração vocal como cansaço, ardor ou dor ao falar, falhas na voz, mudança de tom, pigarro e rouquidão é essencial. No caso de problemas vocais, é de suma importância buscar ajuda com um fonoaudiólogo e/ou um médico otorrinolaringologista”, finaliza.

Para combater todo e qualquer problema com a voz, a fonoaudióloga Claudionária Torres elenca alguns comportamentos , alimentos e cuidados importantes para com a voz. São eles:

1. Lembre-se de beber muita água;
2. Cuide da sua postura, mantendo a coluna ereta e o pescoço alinhado ao eixo corporal;
3. Use sapatos confortáveis e roupas leves, evitando apertar a região do pescoço e abdômen;
4. Evite falar excessivamente, faça pausas ao longo do dia (repouso vocal) e dê intervalos enquanto fala;
5. Evite falar em local muito ruidoso, espere diminuir o barulho para continuar sua fala;
6. Evite gritar, falar ou rir demasiado alto constantemente;
7. Evite falar fora do seu tom habitual (mais agudo, mais grave ou sussurrar);
8. Evite pigarrear, devendo substituir por tosse ou deglutir a saliva;
9. Evite falar muito durante estados gripais ou crises alérgicas;
10. Aqueça sua voz, preparando os músculos para a produção da voz;
11. Relaxe a garganta fazendo exercícios de desaquecimento após falar por mais tempo;    
12. Evite leite e derivados como queijos e iogurtes, assim como chocolate antes e durante o uso da voz porque aumentam a secreção na garganta;
13. Pastilhas e balas em geral devem ser evitadas porque causam uma sensação de alívio imediato e você pode não perceber que está falando com esforço;
14. Fumar, pois o fumo irrita a mucosa das pregas vocais;
15. Coma alimentos como maçã e frutas cítricas, que tem propriedade adstringente e favorecem a limpeza e lubrificação.

Assessoria Hapvida

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário