Camila cobra informações ao Governo do Estado sobre reforma em estádios

OBRAS INACABADASA deputada estadual Camila Toscano (PSDB) voltou solicitar informações e a cobrar ao Governo do Estado a conclusão das obras de reforma dos estádios ‘O Almeidão’, em João Pessoa, e o ‘O Amigão’, em Campina Grande. Neste fim de semana, no estádio da capital paraibana, um pedaço de concreto de cerca de 80 centímetros se soltou e atingiu um torcedor. A tucana afirma que vai reiterar o pedido de informações e destaca que espera que o atual governador João Azevedo (PSB) tenha mais respeito ao Poder Legislativa, ao esporte e ao povo da Paraíba.

“O Governo do Estado está brincando com vidas e isso é muito grave. Até que ponto esse início de reforma dos estádios é seguro? Estamos vendo que os mais de R$ 45 milhões investidos não foram compatíveis com o que foi executado. A Paraíba precisa saber sobre os investimentos e o que realmente foi feito nessa obra tão propagada pelo governo e pelos governistas. Poderíamos ter pedido uma vida durante os jogos do final de semana e isso é muito grave”, afirmou a deputada.

As reformas dos estádios foram anunciadas pelo então governador Ricardo Coutinho (PSB) em 2013, com um investimento de mais de R$ 45 milhões, e até agora não foram concluídas, mas mesmo assim foi realizada inauguração. “Tudo não passou de uma grande maquiagem. Na maquete aparece tudo perfeito, obra de primeiro mundo, mas a realidade é triste”, disse a parlamentar.

De acordo com material divulgado pela Secretaria de Comunicação do Estado, a época do anúncio das reformas, o investimento anunciado para o estádio ‘O Amigão’ passava de R$ 17 milhões, sendo R$14.450.081,42 para reforma interna e urbanização da área do entorno do estádio e mais R$ 3,1 milhões para urbanização das ruas de acesso ao equipamento esportivo. Já para o ‘Almeidão’, o investimento teria sido de R$ 28 milhões.

Assessoria

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário