Em nota, secretário de Comunicação do Estado pede desculpas por nomeação de jornalista falecida

Luis Torres (Foto: Crédito / Walla Santos). 
DESCUIDO - O secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, reconheceu o ato falho em nomear a jornalista Nelma Figueiredo, falecida em março do ano ano passado, para cargo comissionado na Secretaria Institucional de Comunicação da Paraína (Secom).

Em nota enviada à imprensa, neste sábado (5), Tôrres afirma que houve “um descuido na organização da lista, de inteira responsabilidade da Secretaria de Comunicação do Estado, encaminhada à publicação, gerou o equívoco”.

Confira a nota da Secom:

Quero pedir pessoal e publicamente desculpas por um equívoco injustificável na publicação do nome da querida companheira Nelma Figueiredo na edição do Diário Oficial, edição deste dia 4. Um descuido na organização da lista, de inteira responsabilidade da Secretaria de Comunicação do Estado, encaminhada à publicação, gerou o equívoco. Que já foi rapidamente identificado e corrigido para posterior publicação no Diário. Aos amigos e amigas, e, especialmente, aos familiares, minhas mais sinceras desculpas. Nelma será sempre alguém especial para todos nós, digna de carinho e respeito.

Luís Tôrres
Secretário de Comunicação do Estado da Paraíba

Blog do Anderson Soares
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário