Diácono Edinho é encontrado morto dentro de casa em Bananeiras, PB

O diácono permanente Edson Barreto de Azevedo, de 59 anos, faleceu neste sábado (20/10). Ele foi encontrado, sem vida, no interior de sua residência, na Praça da Bandeira, 48, centro de Bananeiras. Ele era hipertenso e diabético.

Edinho, como era conhecido, estava ordenado há 24 anos. Inicialmente, uma de suas irmãs estranhou o fato dele não ter ido a Solânea fazer a feira como era de costume aos sábados. Os vizinhos, consultados por familiares, informaram que não o avistaram saindo de casa e nenhuma ligação feita para o seu celular foi atendida. Então, por volta das 11h, decidiram arrombar a porta. Ao chegarem ao interior da casa o encontraram caído, próximo ao celular e ao aparelho de pressão, já sem vida. Há muitas evidências de infarto.

O padre Joanderson Lira, pároco de Bananeiras, compareceu ao local, acompanhou de perto a família e tomou as primeiras medidas cabíveis, externando profundo pesar pelo acontecimento. Aguarda-se as definições da programação de velório e sepultamento.

Peritos da Polícia Civil, Polícia Militar e o SAMU compareceram ao local e procederam todos os procedimentos legais.

A Paróquia Nossa Senhora do Livramento, confiante na ressurreição, realizará, neste sábado, às 19h na Matriz, a Missa de Corpo Presente. Em seguida, o corpo seguirá para a Paróquia Santo Antônio, em Solânea, onde o bispo dom Aldemiro Sena presidirá Missa de corpo presente. Logo após a Missa acontecerá o sepultamento no cemitério de Solânea.

Pesar

A Diocese de Guarabira divulgou a seguinte nota: “com profundo pesar, a Diocese de Guarabira e todo o clero diocesano vêm tristemente comunicar a repentina partida, rumo à vida eterna, do Diácono Edson Barreto de Azevedo. Atendendo ao chamado de Deus, este religioso pôs-se ao serviço durante sua vida; lançou suas redes e empenhou-se na evangelização de muitos, fazendo parte da Igreja de Cristo. Nos seus últimos dias, serviu na Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, em Bananeiras – PB. Sua repentina partida se deu na manhã deste sábado, 20 de outubro.Toda a Diocese de Guarabira entristece-se com a sua partida deste servo de Deus, mas, ao mesmo tempo, coloca-se confiante na infinita misericórdia do Senhor e na promessa de vida eterna que nos foi por Ele feita“.

O CDL – Conselho Diocesano do Laicato lamentou imensamente a morte do diácono Edinho. Renovando a esperança e aguardando em Cristo, Senhor da vida. Toda paz e todo bem.

Edinho era celibatário, portanto, não se casou, nem tinha filhos. Deixa três irmãs.

http://www.manchetepb.com/diacono-edinho-e-encontrado-morto-em-bananeiras/
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário