Após assembleia, servidores da UEPB decidem manter greve

Os servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual da Paraíba decidiram continuar em greve após uma assembleia realizada na manhã desta terça-feira (16), no campus de Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Os profissionais estão com as atividades paralisadas desde o dia 30 de julho.

A principal luta da classe é pela defesa da lei que dispõe sobre a autonomia da universidade, além do reajuste salarial. Como consequência da greve, no dia 4 de agosto, a direção da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou uma portaria suspendendo a chama 2018.2 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A universidade alegou que o número de servidores trabalhando não era capaz de cumprir os prazos devidos para efetivação das chamadas e matrículas. Apesar da suspensão, as aulas dos alunos veteranos estão acontecendo normalmente.

https://www.op9.com.br/pb/noticias/apos-assembleia-servidores-da-uepb-decidem-manter-greve/
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário