Guarabira: morre Irmã Naise, aos 86 anos, vítima de complicações da covid

A Diocese de Guarabira e o prefeito Marcus Diôgo lamentam em notas de pesar. 

Foto: Reprodução. 
Morreu na noite desse domingo, 26/12, a freira Maria Naíse Leite (Irmã Naise), aos 86 anos de idade; vítima de complicações da Covid-19. Ela, que tinha problemas cardíacos, foi internada no último dia 16 com os pulmões comprometidos, não resistindo aos efeitos da doença.. 

A Diocese de Guarabira lamentou o falecimento da sua fiel integrante por meio de nota de pesar publicada nas redes sociais e no website oficial da entidade religiosa. Veja na íntegra 

DIOCESE DE GUARABIRA
 

“Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé” (2Tm 4,7) 

Nota de Pesar 

Com profundo pesar, a Diocese de Guarabira enlutada comunica a triste notícia recebida: no início da noite deste domingo, 26 de Dezembro, faleceu a Irmã Maria Naíse Leite, IDP - Irmãs dos Pobres -, vítima da COVID-19. A Ir. Naíse volta para a casa do Pai, a quem profundamente amou e serviu durante toda a sua vida. A serviço do povo de Deus, dedicou mais de 40 (quarenta) anos aos trabalhos da Cúria Diocesana de Guarabira, além disso, encontrou, também, seu lugar na Vinha do Senhor vivendo inserida no meio e a serviço dos Pobres, trabalhando também junto às comunidades eclesiais de bases (CEB's), e prestando relevante apoio ao Movimento de Adolescentes e Crianças (MAC). 

Irmã Naíse começou os seus trabalhos na Região Episcopal de Guarabira na década 70, secretariando, na época o então bispo auxiliar da Arquidiocese da Paraíba, Dom Marcelo Pinto Carvalheira. Após a Criação da Diocese de Guarabira pelo Papa São João Paulo II no ano de 1980, e com a Instalação Canônica da mesma no dia 27 de dezembro de 1981, sendo empossado o seu primeiro Bispo, Dom Marcelo Pinto Carvalheira, a Irmã Naíse foi nomeada chanceler da Cúria Diocesana, função que exerceu com esmero até o ano de 2016, desde então trabalhava como notária, assentando toda a história da Diocese de Guarabira em seus livros de tombo. Trabalhou junto a todos os pastores diocesanos que por aqui passaram, a exemplo de Dom Marcelo Pinto Carvalheira, Dom Frei Antônio Muniz Fernandes, Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena e Dom Aldemiro Sena dos Santos. 

A vida e história da Irmã Maria Naíse Leite se confundem com a história da Diocese de Guarabira, ao Deus da Vida, que é a Luz que brilha em meio as trevas (cf. Is 9,1) bendizemos e louvamos por ter presenteado à Diocese de Guarabira com a presença, vocação e missão da Ir. Naíse. 

A Diocese de Guarabira consternada e enlutada, através do seu bispo diocesano, Dom Aldemiro Sena dos Santos, expressa suas sinceras condolências, pedindo a Deus pelo descanso eterno dessa serva fiel e humilde da Vinha do Senhor. 

"Servo bom e fiel, entra na alegria do teu Senhor!" (Mt 25,21).” 

De igual modo, o prefeito de Guarabira, Marcus Diôgo (PSDB), se solidarizou com os familiares de Irmã Naise e com a igreja católica, pela morte da freira, a qual, além de ter prestados relevantes serviços sociais e religiosos a Guarabira, era amiga da família Diôgo, e inclusive da educadora Detinha Diôgo, em saudosa memória, mãe do atual gestor guarabirense. Veja a íntegra da nota de pesar publicada nas redes sociais e no website oficial da Prefeitura de Guarabira. 

Com profundo pesar, o prefeito Marcus Diôgo e todos que fazem a Prefeitura de Guarabira se solidarizam com os amigos, familiares e com toda a Diocese de Guarabira pelo falecimento da Irmã Maria Naíse Leite. 

Ir. Naíse sempre foi uma defensora dos direitos sociais, trabalhando junto à comunidades eclesiais de base e projetos e movimentos de apoio à criança e ao adolescente. Sua história também se confunde com a história da Diocese de Guarabira, da qual viu nascer e atuou como chanceler desde sua instalação canônica. 

“Ir. Naíse sempre será lembrada por sua dedicação, seu semblante tranquilo e corajoso e pelos seus ideais de um mundo mais justo e igualitário”, destacou Marcus.

De acordo com informações de familiares o sepultamento da Irmã Maria Naíse Leite, ocorre às 9h, no Cemitério São João Batista (Central), em Guarabira.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário