Operação Moto Segura intensifica combate aos veículos com canos de escape barulhentos, na PB

Foto: Divulgação. 
A Polícia Militar deflagrou a Operação Moto Segura, que será realizada durante todo o mês de agosto, com o objetivo de coibir a circulação irregular de veículos, principalmente os que usam o cano de escape alterado. A multa para quem anda com o escapamento irregular é de R$195,23, sendo considerada de natureza grave e com previsão de cinco pontos na carteira de habilitação. As denúncias podem ser feitas pelo 190.

A operação foi determinada pelo próprio comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, durante reunião nesta segunda-feira (02). O Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) vai coordenar as ações, que terão o apoio de várias unidades operacionais.

Além das blitzen em pontos a Operação Moto Segura intensifica combate aos veículos com canos de escape barulhentos 

A Polícia Militar deflagrou a Operação Moto Segura, que será realizada durante todo o mês de agosto, com o objetivo de coibir a circulação irregular de veículos, principalmente os que usam o cano de escape alterado. A multa para quem anda com o escapamento irregular é de R$195,23, sendo considerada de natureza grave e com previsão de cinco pontos na carteira de habilitação. As denúncias podem ser feitas pelo 190.

A operação foi determinada pelo próprio comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, durante reunião nesta segunda-feira (02). O Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) vai coordenar as ações, que terão o apoio de várias unidades operacionais.

Além das blitzen em pontos estratégicos, rondas em horários variados e denúncias da população, a operação vai contar também com o levantamento de informações sobre grupos que promovem "rolezinhos" e sobre estabelecimentos que estejam fazendo a modificação do cano de escape para provocar barulho. 

A PM orienta que as pessoas que andam de motocicletas ou ciclomotores observem o equipamento do veículo, pois o funcionamento regular do escapamento é de exclusiva responsabilidade do condutor. Mesmo que a irregularidade ocorra por defeito ou causa natural, ou seja, sem a ação do condutor, ainda assim ele poderá ser penalizado, conforme previsto na legislação de trânsito.tratégicos, rondas em horários variados e denúncias da população, a operação vai contar também com o levantamento de informações sobre grupos que promovem "rolezinhos" e sobre estabelecimentos que estejam fazendo a modificação do cano de escape para provocar barulho. 

A PM orienta que as pessoas que andam de motocicletas ou ciclomotores observem o equipamento do veículo, pois o funcionamento regular do escapamento é de exclusiva responsabilidade do condutor. Mesmo que a irregularidade ocorra por defeito ou causa natural, ou seja, sem a ação do condutor, ainda assim ele poderá ser penalizado, conforme previsto na legislação de trânsito. (*) Com Secom-Pb

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário