Pentágono confirma que vídeo com óvnis em forma de pirâmide é autêntico

Reprodução / Youtube. 
O Pentágono confirmou a autenticidade de um vídeo que o documentarista Jeremy Corbell postou no Twitter na semana passada —e que impressionou muita gente. O clipe, de apenas 18 segundos, traz algum tipo de equipamento de visão noturna captando alguns objetos triangulares pairando sobre o convés de um navio da Marinha americana.

Em entrevista ao site Mystery Wire, especialista em óvnis (objetos voadores não identificados), a porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Sue Gough, afirmou que o vídeo foi feito por oficiais do navio USS Russell e que os objetos se comportavam "como pirâmides voadoras".

"Eles se certificaram de que isso não é algo que possuímos, isso não é algo de um militar estrangeiro, e que eles (objetos) estavam se comportando de maneiras que não esperávamos", disse Corbell, citando fontes no governo americano, ressaltando que os objetos não eram aerodinâmicos.

Na postagem feita no Twitter, Jeremy Corbell compartilhou o vídeo afirmando que a Marinha dos Estados Unidos havia fotografado e filmado óvnis em forma de "pirâmide".

O documentarista afirma que o vídeo foi feito em julho de 2019. Inicialmente os objetos foram descritos como "drones" e relatados por ter "zunido" 200 metros acima de um navio de guerra dos Estados Unidos na costa do sul da Califórnia. 

O Mystery Wire aponta que o vídeo foi reunido junto a outras imagens pela Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF, na sigla em inglês), um grupo do Departamento de Defesa dos EUA que investiga encontros entre militares americanos e objetos não identificados. 

Esse não teria sido o único evento ocorrido no mesmo período com navios de guerra americanos. De acordo com Gough, entre os dias 14 e 15 de julho de 2019 houve alguns "avistamentos de drones". Mas em outros casos os objetos "eram como luzes que faziam padrões e giros de 90 graus. Outros eram como uma luz de cor diferente, como vermelho", disse ela.

Os objetos são reais? 

Sue Gough não confirmou que os objetos são reais, afirmando ao site Futurism apenas que o incidente foi registrado entre as pesquisas em andamento. Por questões de segurança, o Departamento de Defesa dos EUA não discute os detalhes das obvervações de óvnis em seus campos de treinamento ou espaço aéreo.

Alguns críticos acreditam que os objetos podem ter sido produzidos apenas por uma ilusão de ótica. Mick West, um cético que tenta desvendar os motivos de vídeos relacionados a óvnis, postou em seu Twitter um vídeo no qual afirma que a filmagem provavelmente foi gravada com um smartphone por meio de uma lente monocular de visão noturna, e que retrata uma aeronave comum.

Assim, um efeito ótico chamado de bokeh, que desfoca e distorce a imagem, faz as luzes da aeronave parecerem triângulos ou pirâmides. "Em parte é onde os pixels caem. Mas também o mais brilhante 'se projeta' um pouco pelo brilho. Esses triângulos são exatamente do mesmo tamanho. Mas uma imagem deles é uma foto de baixa resolução da tela", diz ele.

Ele ainda diz que as "pirâmides" piscam aproximadamente nas mesmas quantidades de vezes das luzes de segurança de uma aeronave comum. Isso significa que as imagens não são reais? Não exatamente, mas podem ser uma explicação para essas impressionantes "pirâmides voadoras". (*) Tilt / Uol

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário