Agnaldo Timóteo morre, aos 84 anos, vítima de covid-19

Cantor foi internado no dia 17 de março e estava no Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro. 

Foto: Reprodução / G1.globo. 
Morreu neste sábado, 3, aos 84 anos, o cantor Agnaldo Timóteo, por complicações da covid-19. Ele estava internado desde o dia 17 de março no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. De acordo com a família, ele teve um "pequeno agravamento" e seguia intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã deste sábado.

Os médicos acreditam que o cantor tenha contraído a doença entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a covid-19, já que o artista havia tomado o reforço na segunda-feira, 15 de março. "É com imenso pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do covid-19 e faleceu hoje às 10h45. Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha", diz a nota assinada por Marcelo e Ruth Timóteo.

O sobrinho, Timotinho, publicou um vídeo nas redes sociais: "Olá, gente. A notícia não é boa, confirmar o falecimento do cantor, Agnaldo Timóteo. Minha eterna gratidão por tudo. Descanse em paz! Obrigado a todos pelo carinho".

O cantor se apresentou, pela última vez, em janeiro de 2021, em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, no Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. A live foi transmitida por padre Omar, respeitando todas as regras de distanciamento social e proteção contra o coronavírus. (*) Terra

Reprodução / Youtube / TV Cultura.
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário