Camila lamenta morte de José Carlos da Silva Júnior e lembra luta pelos mais pobres e defesa da economia no Congresso Nacional

 

Empresário José Carlos e deputada Camila Toscano. Foto: Edição. 
A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) lamentou nesta sexta-feira (5) a morte do empresário, presidente do Grupo São Braz e proprietário das TVs Cabo Branco e Paraíba, José Carlos da Silva Júnior, em decorrência da covid-19, aos 94 anos. O empresário estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. 

“José Carlos foi um empreendedor visionário que também se destacou na política da nossa Paraíba, defendendo no Congresso Nacional temas importantes como questões econômicas e principalmente fazendo a defesa dos mais pobres. A Paraíba perde um grande homem que contribuiu muito para o desenvolvimento do estado. Meus sinceros votos de pesar aos familiares em nome dos filhos Ricardo Carlos, Eduardo Carlos e Eliane Freire, e a todos os amigos e admiradores do grande empresário José Carlos”, disse Camila. 

Na política, foi vice-governador na chapa com Wilson Braga; e também suplente do senador Ronaldo Cunha Lima, atuando no Senado nos anos de 1996, 1997 e 1999, após licenças do titular. Em seus discursos, sempre defendeu melhorias à conjuntura econômica nordestina e brasileira, com destaque para sua atuação como membro da Comissão Especial que estudou as causas da pobreza no país, em outubro de 1999. 

Trajetória – José Carlos da Silva Júnior nasceu em Campina Grande, em 16 de junho de 1926. Filho de José Carlos da Silva e Maria Rosa da Silva, formou-se em contabilidade e construiu a vida profissional como empresário nos segmentos de alimentos, comunicação e automotivo. O empresário começou sua vida profissional trabalhando com seu pai José Carlos da Silva em uma pequena torrefação de café que daria início ao legado da São Braz. Ele foi o único dos filhos que acompanhou os investimentos do pai.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário