Camila lamenta a morte do senador José Maranhão, o ‘Mestre de Obras’ da Paraíba

Foto: Divulgação / Edição: Plugados. 
A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) lamentou nesta segunda-feira (8) a morte do senador José Maranhão (MDB), aos 87 anos, por complicações causadas pela covid-19. O senador estava internado em São Paulo onde estava sendo tratado. Para a deputada, a Paraíba perde um grande político, sério, honesto e que ficou conhecido como o ‘Mestre de Obras’ pelas inúmeras ações de infraestrutura, sobretudo hídrica, realizadas nos seus mandatos como governador. 

“É uma grande perda para os paraibanos a morte do senador José Maranhão. Um homem comprometido com seu povo e que ficou conhecido pelas grandes obras realizadas por todo o estado. Deixo meu voto de mais profundo pesar a todos os familiares, a desembargadora Fátima Bezerra, aos filhos, aos netos do senador, aos amigos e aos paraibanos”, disse a deputada. 

José Maranhão atualmente ocupava uma das cadeiras paraibanas no Senado Federal. Ele estava internado em João Pessoa desde o dia 29 de novembro, dia em que foi realizado o segundo turno das Eleições 2020. Dias depois, ele foi transferido em uma UTI aérea para São Paulo. 

Maranhão foi deputado estadual, deputado federal, vice-governador e governador do estado da Paraíba em três ocasiões. Em 2018, concorreu ao governo da Paraíba pelo MDB, ficando em terceiro lugar, com 17,44% dos votos válidos, sendo derrotado ainda no primeiro turno das eleições. Como senador, chegou ainda a presidir a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal. 

Casado com a desembargadora Maria de Fátima Bezerra, era pai de Maria Alice, Leônidas e Letícia. Tinha dois netos: José Neto e Maria de Fátima.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário