Bahia vence o Botafogo-PB em jogo de lances polêmicos e avança para a semifinal da Copa do Nordeste

Arbitragem anula gol do Alvinegro paraibano em jogada no mínimo bem duvidosa e valida gol irregular do Tricolor baiano, que vai enfrentar o Confiança no próximo mata-mata do Nordestão. 
Bahia 3 x 1 Botafogo-PB, Estádio de Pituaçu. Foto: GloboEsporte.com. 
O Bahia está na semifinal da Copa do Nordeste. Na noite deste sábado, o Tricolor de Aço venceu o Botafogo-PB por 3 a 1 no Estádio de Pituaçu, em Salvador, e avançou para o penúltimo mata-mata da competição regional. O time da casa abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Ronaldo, ampliou no início da segunda etapa, com Rodriguinho, e viu a equipe paraibana diminuir em seguida, com Rodrigo Andrade. Rodrigão ainda marcou o terceiro para o Bahia em uma partida na qual os botafoguenses reclamaram, com razão, em pelo menos dois lances capitais.

Primeiro Tempo - O Bahia foi melhor em campo no início e no fim do primeiro tempo em Pituaçu. O Botafogo-PB foi mais atuante no miolo dessa etapa. Tomando a iniciativa de ir ao ataque, o Tricolor de Aço abriu o placar ao 12 minutos, com Ronaldo aproveitando um rebote da área botafoguense e batendo de primeira, com estilo, longe do alcance do goleiro Felipe. O gol poderia ter desmontado a estratégia do time paraibano, que era jogar fechado atrás, apostando em uma bola ofensiva. Mas não. Os botafoguenses até melhoraram em campo e chegaram perto do empate em duas boas oportunidades, com Mário e Lohan, mas pararam na boa atuação do goleiro Anderson. Até que a equipe baiana voltou à carga novamente, assumiu o controle do jogo, mas não conseguiu mais boas finalizações.

Segundo Tempo - Jogo intenso na sua segunda metade. E começou em alta velocidade, com o Bahia ampliando o placar em gol de Rodriguinho logo aos dois minutos: Juninho Capixaba cruzou rasteiro, da esquerda, e Rodriguinho só empurrou para as redes. Apesar da adversidade ampliada no placar, o Botafogo-PB se manteve concentrado no jogo e foi para cima. Empatou aos 13 minutos, depois que Fred cobrou falta na trave e, no rebote, Rodrigo Andrade completou de cabeça, no contrapé de Anderson. E o time paraibano chegou ao empate apenas cinco minutos mais tarde, com Kelvin, mas a arbitragem marcou impedimento do atacante botafoguense em um lance no mínimo muito duvidoso. E, aos 24, teve mais polêmica. Rodrigão marcou o terceiro do Bahia, mas estava em posição de impedimento. A arbitragem validou o lance, e os botafoguenses ficaram na bronca. Daí para a frente, quase não teve mais futebol. O árbitro distribuiu cartões amarelos, encerrou a partida com 3 a 1 para o Bahia no placar e ainda expulsou o goleiro Felipe, do Botafogo-PB, após o apito final.

Sobrou polêmica Pelo menos dois lances geraram muita polêmica com a arbitragem: um gol anulado do Botafogo-PB e um gol validado do Bahia. Aos 18 minutos do segundo tempo, quando perdia por 2 a 1 e era melhor em campo, o time paraibano empatou com Kelvin, mas a arbitragem anulou o lance, marcando impedimento, num lance bem duvidoso. E apenas seis minutos mais tarde, Rodrigão marcou o terceiro gol do Bahia, mas o atacante tricolor estava em posição de impedimento quando recebeu a assistência. A arbitragem, no entanto, validou o gol, o que acarretou muita reclamação, com razão, por parte dos botafoguenses. Após o apito final, o goleiro Felipe, do time paraibano, ainda foi expulso após criticar a atuação do árbitro.

As semifinais - Classificado, o Bahia vai enfrentar na semifinal o Confiança, que eliminou o Santa Cruz após empate por 0 a 0 no tempo normal e vitória por 4 a 2 nas penalidades máximas. Essa partida entre baianos e sergipanos está marcada para as 19h30 da próxima quarta-feira, em local ainda a ser definido. Na outra semifinal, um clássico cearense: o Ceará venceu o Vitória por 1 a 0 e o Fortaleza passou pelo Sport nos pênaltis, e alvinegros e tricolores vão disputar a outra vaga na decisão, mas na terça-feira. (*) GloboEsporte.com

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário