Ex-deputado estadual Nivaldo Manoel morre em João Pessoa

Nivaldo foi eleito vereador de João Pessoa em 1988 e deputado estadual da Paraíba por dois mandatos, assumindo em 2004 após suplência e reeleito em 2006. 
O ex-vereador e ex-deputado Nivaldo Maneol, Foto: Divulgação / CMJP. 
O ex-deputado estadual da Paraíba, Nivaldo Manoel, morreu aos 74 anos, em João Pessoa, nesta terça-feira (16). Nivaldo estava internado no Hospital Napoleão Laureano devido a um câncer no pâncreas mas não resistiu à doença.

De acordo com nota do Partido Progressistas, atual partido do ex-deputado, Nivaldo estava com câncer e foi hospitalizado no início de junho para uma cirurgia no pâncreas. Desde então, o estado de saúde dele era considerado grave.

Segundo nota da Câmara Municipal de João Pessoa, Nivaldo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Napoleão Laureano.

De acordo com nota divulgada pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Nivaldo Manoel foi vereador de 1989 a 1992. Tendo destaque no trabalho contra a pedofilia e no combate ao uso de drogas.

Nivaldo também é responsável pela autoria de projetos de lei que reconhecem a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) no estado, a profissão de intérprete de LIBRAS e a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar.

A Câmara decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-vereador. Além da CMJP, o Partido Progressistas também lamentou a morte de Nivaldo, que também foi deputado estadual em 2004, quando assumiu o mandato substituindo o atual prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e foi reeleito nas eleições de 2006.

Nivaldo era natural de João Pessoa e deixa esposa e quatro filhos – entre eles, a atual vereadora da capital paraibana Eliza Virgínia (Progressistas). Em rede social, Eliza lamentou a morte do pai. (*) G1




Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário