Camila sugere alternativas para treinos e pede que alunos mantenham pagamento aos personal trainers

A deputada estadual Camila Toscano é autora de Lei que mudou a realidade do profissional de Educação Física. Foto: Divulgação. 
EMPATIA - A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) destacou nesta sexta-feira (20) que são essenciais as medidas adotadas pelas autoridades sanitárias para evitar ao máximo a propagação do coronavírus, mas alertou para um problema que pode prejudicar muitos trabalhadores autônomos, entre eles, as manicures e os profissionais de educação física. Camila lembra que muitos autônomos, vivem apenas com o que recebem das vendas e no caso dos educadores, das aulas como personal trainer. Dessa forma, é essencial, mesmo nesse cenário de isolamento social, manter as compras aos profissionais autônomos e os pagamentos aos que podem ajudar com a nossa saúde mesmo a distância.

“A palavra empatia nunca foi tão usada e praticada. Precisamos manter a economia girando e se existe a condição financeira por parte das pessoas, é importante continuar consumindo nos pequenos negócios e pagando seu personal que pode continuar os treinos com aulas on-line para que não haja descontinuidade do trabalho. Estamos falando de profissionais autônomos, que tem nesses trabalhos sua fonte de renda. Muitos têm família, filhos e precisam da nossa ajuda nesse momento. A partir de agora vou utilizar a tecnologia para pedir, por exemplo, comidas e até me exercitar, junto com o meu personal. Tudo isso vai passar, mas agora é o momento de nos unir”, destacou a deputada.

O personal Rômulo Medeiros é um dos profissionais que tem readequado seu trabalho para não deixar de atender seus alunos nesse momento. “Estamos trabalhando em treinos caseiros, cronogramas on-line para que os nossos alunos não deixem de se exercitar. São exercícios de mobilidade, aeróbicos e musculação com o peso corporal, para se manter ativo e deixando um pouco divertida essa quarentena, com treinos dinâmicos e específicos”, explicou, destacando que também está disponibilizando treinos de forma gratuita. “Se cada um fizer a sua parte, passaremos por isso ainda mais fortes”, afirmou.

Na Paraíba - Camila Toscano é autora da Lei nº 10.774/2016 mudou a realidade dos profissionais de educação física. A propositura garante a eles, que prestam seus serviços como personal trainer, acesso livre às academias para acompanhar seus clientes. O Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região – Paraíba destacou que após a lei, não foram registrados mais problemas em relação a proibição do acesso de personal. (*) Ascom

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário