Psicólogo oriundo de Guarabira discute com esposa e atira em funcionários de hotel em Boa Viagem, no Recife

Segundo delegado, homem perseguiu seguranças que tentaram intervir na briga e acertou três tiros em cada um. Depois dos disparos, ele teria roubado um carro e fugido. 
Imagens possíveis de câmera de segurança do hotel no momento dos disparos e possível foto do acusado. Foto: Reprodução / Redes Sociais. 
Um homem [identificado como sendo, o psicólogo João Raimundo] discutiu com a esposa e atirou em dois funcionários do Mar Hotel, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na noite da terça-feira (3), segundo a Polícia Civil. Os dois feridos foram socorridos. A mulher foi encaminhada à delegacia e prestou depoimento nesta quarta-feira (4).

O delegado Paulo Gustavo apontou que o casal veio do interior da Paraíba [da cidade de Guarabira] para trazer o filho deles, de 4 meses, para uma consulta no Recife. Os dois deram entrada no hotel na tarde da terça. O homem, identificado como João Raimundo, desceu do quarto e ficou até a noite no bar do local. "Ele passou boa parte do tempo ingerindo bebida alcoólica e recebeu a sua mãe", relatou.

Por volta das 23h, o homem e a mãe subiram para o quarto onde estava a esposa de João Raimundo. "Os dois agrediram a Renata [esposa] verbalmente e também praticaram agressões físicas. Segundo a Renata, ela conseguiu acionar a recepção do hotel e, prontamente, chegaram dois funcionários", detalhou.

Um dos seguranças trocou socos com João Raimundo, apontou o delegado. "Depois, os dois funcionários saíram, o João foi atrás e desferiu diversos tiros de pistola 380, atingindo cada um com três disparos. Na garagem, no térreo, ele ainda se deparou com um cozinheiro do hotel que estava largando e fez disparos contra ele, mas não o atingiu", disse.

Após os disparos, o homem seguiu para a Rua Barão de Souza Leão, na frente do hotel. "Ele teria, então, roubado um carro e fugido do local", relatou o delegado.

[Ainda, segundo outras informações, João Raimundo atua como psicólogo do TJPB, na Comarca de Guarabira]

Funcionários feridos
Os dois baleados foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, também na Zona Sul, e depois transferidos para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife. De acordo com o HR, José Edson Lima Júnior, 34 anos, e José Fernando Freire da Silva, 43 anos, foram levados para a Unidade de Trauma.

Ainda segundo o hospital, José Edson deu entrada à 1h58 com ferimento no abdômen e recebeu um dreno toráxico. Como teve fratura exposta na perna, foi submetido a uma cirurgia e tinha quadro clínico estável. O HR informou que José Fernando chegou no local às 2h40, sofreu lesão medular, estava consciente e orientado e tem quadro clínico estável.

A esposa do homem responsável pelos disparos prestou depoimento na Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, no Centro do Recife, e foi liberada na manhã desta quarta (4). O delegado afirmou que João Raimundo vai responder por tripla tentativa de homicídio, lesão corporal, roubo, injúria e violência doméstica. Até as 12h30, ele não havia sido localizado pela Polícia Civil.

Resposta
Por meio de nota, o Mar Hotel lamentou o caso e informou que "todos os procedimentos foram seguidos" e os funcionários foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e depois transferidos para o Hospital da Restauração (HR).

Ainda de acordo com a nota, o Pontes Hotéis & Resort "está dando toda a assistência aos funcionários e familiares, assim como colaborando com a investigação policial".

G1
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário