Pernambuco: Camila vai mediar grupo de trabalho sobre violência contra a mulher em evento nacional

A deputada estadual e presidente da Comissão dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Camila Toscano (PSDB), foi convidada mais uma vez pela presidência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) para mediar um Grupo de Trabalho sobre a violência contra a mulher. O evento terá como tema “Quais as ações necessárias no combate a violência contra a mulher?” e integra o seminário da região Nordeste, realizado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) na próxima quinta-feira (3).

“Esse é um tema que me dedico e trabalho diariamente, pois queremos formulação de políticas públicas para tirar a mulher do ciclo de violência e tentar combater tantas agressões e casos de feminicídios. No seminário, vamos fomentar a discussão, orientar os registros das manifestações e conferir a elaboração de um documento “Protocolo de Ideias” que servirá de norte para uma proposta nacional. Não me cansarei jamais em defender os direitos das mulheres paraibanas”, disse Camila.

A Unale já reuniu cerca de 1600 pessoas nos seminários realizados pelo Brasil, entre: ministros de estado, parlamentares estaduais, parlamentares federais, prefeitos, vereadores, ministério público, secretários estaduais e municipais, delegados de polícia, comandantes da PM e bombeiros, profissionais da área de educação, saúde, equipe do SAMU, lideranças religiosas, associações de psicólogos e psiquiatras, ONGs, universitários e tantos dentre outros do poder executivo, legislativo e judiciário.

Trabalho - No seminário do Rio de Janeiro, as propostas apresentadas pela deputada paraibana foram tomadas como inspiração e serão levadas a outros estados do Brasil. Entre as propostas, está uma maior presença do poder público nas escolas na desconstrução do conceito de violência e também a garantia de cursos profissionalizantes para que mulheres possam garantir a independência financeira, saindo do ciclo de violência.

A Lei 11.391/2019 de autoria da deputada Camila Toscano que garante a prioridade para emissão de documentos, em entidades públicas ou privadas, independentemente de senhas ou marcações prévias, também foi adotada.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário