Justiça Eleitoral deve rejeitar a comissão interventora do PSB paraibano

A Justiça Eleitoral paraibana não deve reconhecer a comissão provisória do PSB, homologada na semana passada pela direção nacional, depois da intervenção de 16 agosto.

Como se sabe, quatro nomes designados para compor a comissão declinaram na nomeação, entre eles o governador João Azevedo e o senador Veneziano Vital do Rêgo.

Também se recusaram a integrar o grupo interventor o ex-presidente estadual Edvaldo Rosas e, ainda, Valquiria Alencar. Do grupo, restou o ex Ricardo Coutinho, o deputado federal Gervásio Maia e Fábio Maia.

Surgiu a informação que o ex Ricardo já teria indicado Estela Bezerra, Cida Ramos, Jeová Campos e Sandra Marrocos como substituto dos socialistas que declinaram participar da comissão interventora.

Créditos: BlogMaconeFerreira
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário