Prefeito de Cuitegi pretere professores aprovados em concurso e mantém contratados nas escolas

O prefeito de Cuitegi, Guilherminho Madruga (PSB). Foto: Divulgação. 
O Prefeito Guilherminho Madruga do Município de Cuitegi, no agreste paraibano, preteriu professores aprovados no último concurso público para Professores do ensino fundamental e ensino infantil e permaneceu com os quadros do município preenchidos com professores contratados. 

O concurso foi realizado em 27 de janeiro e confirmado o resultado em abril pela gestão do município. Foram oferecidas 78 vagas entre auxiliares, motoristas, operadores, técnicos, médicos e 18 vagas para professores. Também foram oferecidas 1 vaga para pedagoga e 3 vagas para supervisores escolares. 

Dos aprovados, foram convocados para apresentação de documentação 68 candidatos entre eles os 18 professores. Mas, para a posse apenas, que se deu no dia 1 de julho, os professores não foram chamados. E, os supervisores e o pedagogo sequer foram convocados a apresentar documentação.

Segundo candidatos aprovados, Cuitegi está inda na contramão do razoável, visto que o IDEB do município caiu de 4,1 para 3,7 e a aprendizagem patina nos 3%. A não efetivação de professores, pedagogos e supervisores qualificados para as funções só mostram a qualidade dos políticos brasileiros que não têm dado importância para a educação.

Procurada para se manifestar, um membro da administração afirmou que estão trabalhando para empossar os professores e convocar os outros aprovados para a educação o quanto antes.

Manoel Neto/Portal Cuitegi
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário