Maria Laura fez delação e entregou esquema criminoso investigado na Calvário; confira documento

O juiz substituto Adilson Fabrício Gomes Filho, em decisão proferida nesta terça-feira (30), confirmou relaxamento de prisão da secretária de Gilberto Carniero, Maria Laura Carneiro, após fazer uma delação premiada. O magistrado substituiu a prisão de Maria Laura por medidas cautelares, além de decidir pela quebra do sigilo do processo.

De acordo com o magistrado, a decisão judicial considerou que “ela apresentou outras evidências por meios dos termos de colaboração premiada, não existindo risco de novas ocultações”, considerando ainda que “não se mostra adequada a manutenção da prisão uma vez ausente ameaça a instrução criminal”, diz o texto da decisão

Confira o documento:




Créditos: Paraibaradioblog
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário