Palhaço é preso acusado de estupro contra menina de 12 anos em Guarabira, PB

Uma história com um palhaço e uma criança desta vez terminou sem graça em Guarabira, no Agreste paraibano. Nesta terça-feira, 17, no bairro Mutirão, a polícia prendeu suspeito de estupro de vulnerável contra uma menor de 12 anos, o artista de circo André Bezerra dos Santos, de 29 anos, residente no Cidade Jardim, em Natal (RN) – conhecido artisticamente como o ‘Palhaço Pirrito’.

De acordo com as informações policiais, André foi preso no circo em que trabalha, o qual se encontra instalado no Mutirão, após denúncia da mãe de uma menor de 12 anos, ao conselho tutelar, que relatou estar o palhaço mantendo relação sexual com a filha dela. Em seguida os policiais o levaram juntamente com a menina, a mãe e os conselheiros Ercilia e Adriano até a Delegacia da Mulher.

Na delegacia o palhaço disse que ficou com a menor por ela ter mentido a idade verdadeira e teria lhe dito que já tinha 17 anos, bem próxima de fazer 18 – e que estaria separada recentemente de um casamento. O que lhe teria feito se envolver com ela, mantendo, segundo o mesmo, relação sexual apenas duas vezes.

Ainda conforme relato da polícia a menor teve o seu primeiro contato sexual aos 10 anos de idade, atualmente com 12 não estuda e estava morando maritalmente com um homem na vizinha cidade de Cuitegi (PB), porém deixou o companheiro e retornou para a casa da mãe no Mutirão, quando no circo conheceu André.

Agora o Palhaço Pirrito, sem a cara pintada, deixa o circo e passa a ser André, acusado de estupro contra menor, na penitenciária.


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário