Prefeito de Bananeiras, PB, é condenado a pagar indenização a desembargador

O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB), foi condenado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba a pagar R$ 50 mil ao desembargador José Ricardo Porto por danos morais. A sentença foi proferida pelo juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha, da 16ª Vara Cível da Capital e divulgada nesta terça-feira (21).

O G1 entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Bananeiras, que informou que Douglas Lucena está viajando e ainda não se posicionou sobre o caso.

De acordo com a denúncia, o prefeito teria dito que o desembargador tentou pressionar ou influenciar o juiz da comarca de Bananeiras e a promotora de Justiça da mesma unidade, com a finalidade de cassar o mandato do gestor, através de uma ação que tramitou no âmbito da Justiça Eleitoral.

José Ricardo Porto alegou que foi acusado pelo prefeito perante o Corregedor Regional Eleitoral e que as falsas denúncias provocaram a abertura de procedimentos administrativos no Tribunal de Justiça da Paraíba e também no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), arquivados por falta de provas.

Em sua defesa, o prefeito disse que não promoveu qualquer representação contra o desembargador, seja no Tribunal de Justiça do Estado ou no CNJ e que as declarações prestadas na Corregedoria Eleitoral foram feitas com relação ao procedimento do magistrado de primeiro grau, no caso o juiz Eleitoral da 14ª Zona de Bananeiras.

G1 PB

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário