Camila e Raniery comentam 100 dias de governo Azevêdo e querem respostas sobre ‘Operação Calvário’

Camila Toscano, João Azevêdo e Raniery Paulino (Foto: Montagem / Plugados).

Os deputados estaduais representantes do Agreste e Brejo paraibano na Assembleia Legislativa, Camila Toscano (PSDB) e Raniery Paulino (MDB), respectivamente, comentaram acerca dos cem dias do governo João Azevedo (PSB). E o tema foi um só, a ‘Operação Calvário’, porém as suas investidas foram durante entrevistas concedidas em mídias diferentes, nessa sexta-feira, 13.

Camila em entrevista ao Portal Página1, de Campina Grande, afirmou que o governador João Azevedo ainda não disse para que veio. Conforme o noticioso, ela destacou que o governador não conseguiu afastar a sua ex-secretária Livânia Farias, que, segundo a deputada, só saiu do governo porque foi presa por supostas fraudes em contratos de R$ 1,1 bilhão na Saúde da Paraíba durante as investigações da Operação Calvário.

– Para mim, ele ainda não mostra a que veio, não mostra a sua força, a sua determinação. Ele não consegue mostrar que é realmente ele que decide – disse Camila.

Já Raniery, que lidera a bancada de oposição na AL, durante entrevista concedida a Rádio Caturité e repercutida no Portal Paraíba Online, ambos também de Campina Grande, ressaltou estar o governo completando cem dias e ainda não deu respostas sobre a ‘Calvario’.

 – É um 100 com C e um 100 com S. O 100 com C é dos cem dias e o 100 com S é o sem respostas sobre a Operação Calvário – ironizou Paulino.


@RedaçãoPlugados
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário