Mangueira é campeã do carnaval 2019 do Rio

Agremiação trouxe para a Marquês de Sapucaí o enredo que recontou a história do Brasil por meio de heróis da resistência negros e índios. 
A verde e rosa conquista o seu 20º título (Foto: Rodrigo Gorosito / G1). 
A Estação Primeira de Mangueira foi a campeã do carnaval 2019 do Rio de Janeiro. Este é o 20° título da verde e rosa. A agremiação trouxe para a Marquês de Sapucaí o enredo, assinado pelo carnavalesco Leandro Vieira, que recontou a história do Brasil por meio de heróis da resistência negros e índios.

"Esse primeiro lugar da Estação Primeira de Mangueira não é só do mangueirense, é desse Brasil inteiro, desse país negro... Essa vitória é nossa", vibrou a rainha de bateria da verde e rosa, Evelyn Bastos.

Em entrevista a GloboNews, Leandro Vieira comentou o prêmio. Segundo o carnavalesco, o desfile foi uma resposta política ao que está acontecendo. "O Carnaval é cultura! E é isso que ele deveria tá preocupado em mostrar para o mundo" disse, fazendo referência ao vídeo obsceno compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A Mangueira marcou 270 pontos no total e se consagrou a vencedora deste ano no grupo especial. Torcedores se aglomeraram na quadra para acompanhar a apuração e vibraram com vitória. Além de campeã, a Mangueira também foi premiada com o Tamborim de Ouro 2019. Já a Imperatriz Leopoldinense e a Império Serano foram rebaixadas para a série A.

Tanto a campeã carioca quanto a campeã paulista, a Mancha Verde, tiveram uma coisa em comum em seus desfiles deste ano: as duas agremiações homenagearam a vereadora Mariele Franco, assassinada no ano passado, no Estácio, região central do Rio.

O último título da Mangueira havia sido conquistado em 2016, quando a escola veio homenageando a cantora Maria Bethânia, com o enredo "A Menina dos Olhos de Oyá".

O Dia

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário