Folia: é preciso redobrar os cuidados com a alimentação para não perder o Carnaval

A nutricionalista Débora Bezerra diz que o folião não pode esquecer de se hidratar (Foto: Divulgação / Hapvida).  
Com o Carnaval chegando é preciso redobrar os cuidados com a alimentação antes de sair de casa para se divertir. Entre uma marchinha e outra, o folião também não pode esquecer de se hidratar. A nutricionista do Sistema de Saúde Hapvida em João Pessoa Débora Bezerra lembra que durante a folia se gasta muita energia, e com isso é preciso estar bem alimentado para evitar um mal estar que pode estragar a festa. Para ela, o ideal é realizar uma alimentação completa, rica em vegetais e cereais integrais, além de incluir boas fontes de gordura. Devem-se evitar preparações pesadas e apostar nas combinações mais leves e refrescantes.

De acordo com a nutricionista, um cuidado especial deve ser dado à hidratação. “É fundamental não esquecer de beber água. Durante a folia perdemos muita água pelo suor, além do fato de estarmos no verão, época em que o cuidado com a hidratação deve ser redobrada. Sempre que possível, procure ingerir uma água de coco ou um isotônico, que vai repor os sais minerais e vitaminas perdidos com o suor. Suco de frutas e chás também são boas opções para se manter hidratado”, afirma.

Débora lembra ainda que para aqueles que gostam de tomar uma cervejinha ou outras bebidas alcoólicas, não esquecer de tomar um copo de água entre uma dose e outra. “O álcool desidrata o organismo e, por isso, temos que lembrar de estar sempre consumindo água. Assim evitamos a famosa ressaca no dia seguinte. E se for beber, não esqueça de se alimentar. Nada de ingerir bebidas alcoólicas de estômago vazio”, alerta. 

“Junto às frutas, sucos, iogurtes e vitaminas é sempre válido enriquecer seu lanche com uma fonte de fibras, como granola, quinua, amaranto e aveia em flocos, farinha de coco e farinha de linhaça”, destaca a nutricionista.

Alimentação na rua – Débora Bezerra fez mais um alerta para os foliões que fazem suas alimentações na rua, no circuito da folia. Ela pede cuidado e orienta que se observe sempre o ambiente onde o seu lanche é preparado. “É bom evitar lugares onde é possível perceber que não há nenhum cuidado com a higiene. Também evite ingerir alimentos de origem duvidosa, principalmente lanches que contenham maionese em sua composição. E não esqueça de lavar as mãos antes de comer”, lembra.

Com o Carnaval chegando é preciso redobrar os cuidados com a alimentação antes de sair de casa para se divertir. Entre uma marchinha e outra, o folião também não pode esquecer de se hidratar. A nutricionista do Sistema de Saúde Hapvida em João Pessoa Débora Bezerra lembra que durante a folia se gasta muita energia, e com isso é preciso estar bem alimentado para evitar um mal estar que pode estragar a festa. Para ela, o ideal é realizar uma alimentação completa, rica em vegetais e cereais integrais, além de incluir boas fontes de gordura. Devem-se evitar preparações pesadas e apostar nas combinações mais leves e refrescantes.

De acordo com a nutricionista, um cuidado especial deve ser dado à hidratação. “É fundamental não esquecer de beber água. Durante a folia perdemos muita água pelo suor, além do fato de estarmos no verão, época em que o cuidado com a hidratação deve ser redobrada. Sempre que possível, procure ingerir uma água de coco ou um isotônico, que vai repor os sais minerais e vitaminas perdidos com o suor. Suco de frutas e chás também são boas opções para se manter hidratado”, afirma.

Débora lembra ainda que para aqueles que gostam de tomar uma cervejinha ou outras bebidas alcoólicas, não esquecer de tomar um copo de água entre uma dose e outra. “O álcool desidrata o organismo e, por isso, temos que lembrar de estar sempre consumindo água. Assim evitamos a famosa ressaca no dia seguinte. E se for beber, não esqueça de se alimentar. Nada de ingerir bebidas alcoólicas de estômago vazio”, alerta. 

“Junto às frutas, sucos, iogurtes e vitaminas é sempre válido enriquecer seu lanche com uma fonte de fibras, como granola, quinua, amaranto e aveia em flocos, farinha de coco e farinha de linhaça”, destaca a nutricionista.

Alimentação na rua – Débora Bezerra fez mais um alerta para os foliões que fazem suas alimentações na rua, no circuito da folia. Ela pede cuidado e orienta que se observe sempre o ambiente onde o seu lanche é preparado. “É bom evitar lugares onde é possível perceber que não há nenhum cuidado com a higiene. Também evite ingerir alimentos de origem duvidosa, principalmente lanches que contenham maionese em sua composição. E não esqueça de lavar as mãos antes de comer”, lembra.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário