Pirpirituba-PB: Mulher morre enquanto usava fone de ouvido com celular recarregando bateria

Um infarto pode ter matado Kennya Marcelle (Foto: Reprodução / Redes Sociais). 
Uma jovem mulher, de 33 anos de idade, morreu na tarde desta quarta-feira (28), em Pirpirituba no Agreste Paraibano, enquanto usava um fone de ouvido conectado a um aparelho celular que estava recarregando a bateria na tomada elétrica. A vítima foi identificada como sendo, Kennya Marcelle Mendes Viana, moradora da Rua Solon de Lucena, naquela cidade.

De acordo com informações do blog local, a Classe da Notícia, a mulher foi encontrada na casa em que residia por uma parenta -, deitada numa cama, sem nenhuma reação vital, com o celular debaixo do corpo e ainda na carga. Outras informações dão conta que ela estaria usando um fone de ouvido no momento.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e confirmou o óbito. A princípio a noticia se espalhou informando que Kennya teria morrido devido a uma descarga elétrica por está fazendo uso do celular com a bateria recarregando, porém é mais provável que ela tenha sofrido um infarto do miocárdio; foi o que adiantou extraoficialmente um tio da vítima à Imprensa. A perícia também foi acionada até o local do incidente e deve nos próximos dias oficializar a causa mortis da pirpiritubense.


@RedaçãoPlugados


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário