Homem entra em farmácia usando farda da empresa, faz reféns e rouba escritório em Campina Grande, PB

Ação aconteceu por volta das 12h (horário local) desta terça-feira; funcionários foram feitos reféns. 
Bandido entrou em escritório de farmácia usando farda da empresa, no Centro de Campina Grande (Foto: Popó Calixto/TV Paraíba). 
Um criminoso conseguiu entrar no escritório de uma farmácia, no Centro de Campina Grande, na tarde desta terça-feira (22). Segundo a Polícia Militar, o homem estava usando uma farda da empresa e se passou por funcionário para entrar no local e anunciar o roubo. Funcionários chegaram a ser feitos reféns.

O caso ocorreu por volta das 12h (horário local), em uma farmácia que fica na rua Venâncio Neiva, próximo ao Calçadão. Segundo a Polícia Militar o homem chegou com uma farda e um pacote nas mãos. Os funcionários, ao verem o homem fardado pelas câmeras, abriram a porta do escritório, que fica no 1ª andar da farmácia.

De acordo com a Polícia Militar, no momento em que o criminoso entrou no escritório, um funcionário ainda entrou em luta corporal com ele. Enquanto isso, outro funcionário conseguiu acionar a Polícia Militar. O suspeito estava armado, de acordo com o relato das vítimas à polícia.

Ainda segundo a Polícia Militar, funcionários foram mantidos reféns por um tempo, mas foram liberados em seguida. A PM montou um certo nas ruas do Centro para tentar localizar o homem, que conseguiu ter acesso ao telhado do prédio.

Até as 14h (horário local) o suspeito ainda não havia sido localizado. O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) foi acionado para tentar localizar o suspeito. A Polícia Militar suspeita que o homem tenha conseguido fugir, ou que ele ainda esteja escondido entre os prédios do quarteirão. O Corpo de Bombeiros também foi acionado para auxiliar nas buscas.

No momento do crime, o Centro da cidade estrava em pleo funcionamento. Algumas ruas foram interditadas para passagem de veículos e dezenas de lojas fecharam as portas. Centenas de curiosos cercaram a frente da farmácia, acompanhando o trabalho da Polícia Militar. Por volta das 14h, o funcionamento do comércio estava normalizado.

O suspeito teria chegado ao local em uma moto de cor preta, que ficou em frente ao estabelecimento. A moto foi apreendida e levada para a Central de Polícia Civil, no bairro Catolé, em Campina Grande.

G1 PB

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário