Guarabira ganha destaque internacional em programa do History Channel sobre discos voadores

Imagens, créditos: (Belezas de Guarabira / History Channel). 
A cidade de Guarabira, no brejo paraibano, vai virar destaque em uma série internacional original do canal History. No dia 7 de dezembro, às 23h20, relatos de aparições de objetos voadores não identificados vão ganhar o mundo em “De carona com os OVNIs”, apresentado por Fred Morsch.

A Rainha do Brejo, aliás, é velha conhecida dos ufologistas. A revista Superinteressante, por exemplo, publicou em 2016 que Guarabira é parada obrigatória para quem quer ver ETs – ou ser abduzido por eles. “Dizem os ufólogos que a cidade, vista do alto, tem o formato de um disco. E que, por isso, no passado teria sido um local de pouso de óvnis. Depois de diversos casos,inclusive o de uma enorme sombra triangular pairando sobre Guarabira, em 1996, a maioria dos moradores se oferece para dar informações e guiar turistas curiosos”.

Além dos chamados “hot spots” (saiba mais abaixo), Guarabira também levará às telas o relato de alguns moradores que vivenciaram experiências com os OVNIs. O episódio, contudo, ainda não tem data divulgada para ser exibido.

Confira as informações oficiais sobre a série:

Hot Spots é o nome dado aos locais em que foram relatadas, ao longo de décadas, manifestações diversas, como , abduções, ataques com luzes, desenhos enigmáticos em plantações (os chamados crop circles) e até avistamentos. O Brasil é um dos países com a maior concentração de Hot Spots do mundo. De norte a sul do país, esses locais de intensa atividade ufológica se tornaram roteiros para um tipo diferente de turismo. A nova série original do HISTORY, De Carona Com os Óvnis, acompanha o mochileiro ufológico Fred Morsch em uma viagem a esses Hot Spots. Curioso e interessado, Fred está determinado a apresentar ao público os notórios acontecimentos envolvendo extraterrestres, trazendo à tona as evidências existentes.

De Carona Com os Óvnis, coprodução do HISTORY com a Clip Produtora, faz uma busca pelos céus e estradas brasileiros e apresenta entrevistas com moradores, personagens reais e testemunhas de eventos inexplicáveis, comentados por especialistas do fenômeno UFO. Entre os lugares visitados estão Itapoá (SC), Chapada Diamantina (BA), Peruíbe (SP), Quixadá (CE), São Thomé das Letras (MG), Chapada dos Veadeiros (GO), Ilha de Colares (PA) e Minas do Camaquã (RS).

O mochileiro ufológico pesquisará documentos e provas materiais, analisando artefatos e supostos indícios de vida extraterrestre. Além disso, fará vigílias noturnas, preparado para receber sinais vindos das estrelas. Conseguirá ver um óvni? E fazer contato com seres alienígenas? A única certeza da série De Carona Com os Óvnis é que Fred visitará os locais mais “quentes” do Brasil e pedirá carona a qualquer veículo intergaláctico que aparecer em seu caminho.

As gravações foram realizadas de setembro de 2017 a janeiro deste ano, em locais lindos, porém, de difícil acesso. “A equipe percorreu o Brasil do Rio Grande do Sul ao Pará e teve de lidar com muitas dificuldades: um assalto à mão armada no primeiro dia, muitas viagens por estradas de terra, e até um diagnóstico de câncer, já superado. Mas tudo foi compensado com os depoimentos impressionantes que conseguimos captar e quando a produção avistou óvnis na Chapada Diamantina e em Minas do Camaquã”, conta o produtor executivo Leo Sassen.

Na estreia, dia 7 de dezembro, o HISTORY exibe dois episódios:

Em A estrada Cornelsen e os olhos do dragão, o mochileiro ufológico investiga o caso da neblina alienígena e do chupa-cabras, em Itapoá (SC) e Campina Grande do Sul (PR). Um curto trecho de estrada coberto por uma densa neblina na divisa de Santa Catarina com o Paraná. Fenômeno que precede o surgimento de naves triangulares e panes elétricas nos carros da região. Seria a mesma neblina relatada durante a longa caçada ao chupa-cabras no início dos anos 90? Estaria uma coisa ligada à outra? Tarefa para o mochileiro Fred tentar desvendar, assim que refizer as pegadas de um obcecado pesquisador que, ao longo de meses, reuniu incríveis provas da estranha criatura responsável por vitimar centenas de animais em chácaras de três estados do país.

Em seguida, no também inédito A base alienígena, chega a vez de investigar o caso da mineração extraterrestre e a base alienígena, na Chapada Diamantina (BA). Será que o mochileiro ufológico vai ter o encontro que tanto busca, face a face com os Greys da “Base Alienígena” em plena montanha sagrada para os garimpeiros da Chapada Diamantina? Será que ele irá ignorar os alertas de perigo do famoso Guia do lugar, Chiquinho de Igatu? Assim como os conselhos do ufólogo Paulo Gusmão, sobre a presença de extraterrestres hostis que soltam gases tóxicos e radiação na direção de visitantes humanos indesejados?



@RedaçãoPlugados
com Parlamento-Pb
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário