Header Ads


Deputado do PSB acusa base governista de coagir servidores a votar sob pressão política

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), candidato à reeleição, se queixou de colegas da base governista de estarem coagindo servidores do Estado a votar neles sob forma de pressão e exigências políticas.

Embora denunciando de forma plural, o deputado disse que foi aconselhado a não declinar o nome de quem estaria se utilizando desse expediente para angariar votos. A queixa foi formalizada da tribuna durante sessão desta terça-feira (4).

“O assédio moral tem sido feito a servidores do Poder Executivo para que se posicionem politicamente em direção a alguns candidatos. Eu fui aconselhado por alguns amigos a não fazer isso e vou atender aos apelos e não declinarei nomes, mas externo aqui a minha mágoa, o meu descontentamento, o meu dissabor com essas práticas absolutamente coronelistas”, disse.

Para o deputado, a prática discricionária é inteiramente inaceitável sob todo e qualquer aspecto. “Mas para não ciscar para fora, como diz o adágio popular, vou tentar internamente buscar respostas para essas pressões descabidas, inaceitáveis, além de desprezíveis”, destacou.

Contudo, Barbosa se disse confiante e espera que isso não se avance mais do que já foi feito, com candidatos da base usando esse tipo de comportamento, de prática política, para que todos possam “caminhar nessas eleições sem maiores turbulências”, completou. (Créditos da foto e da informação: Paraíba Online)


Nenhum comentário