No Dia da Juventude, Camila critica governo do estado por falta de investimento no esporte e cortes no Bolsa Atleta

No Dia Internacional da Juventude, celebrado neste domingo (12), a deputada Camila Toscano (PSDB), defende mais investimentos para a área de esporte e o retorno de pagamentos de incentivos importantes como o Bolsa Atleta.  “O esporte possui uma importância muito grande para os jovens. Ele transforma vida e muda realidades. Impede, por exemplo, que jovens entrem no crime ou se envolvam com o mundo das drogas”, disse.

A deputada Camila ressaltou o potencial que o Estado da Paraíba possui para gerar grandes nomes no mundo dos esportes. “Somos um Estado rico em nomes que são conhecidos e premiados em níveis nacional e internacional. Porém, é importante destacar que não há incentivos para esse ou outros esportistas que levam o nome da nossa Paraíba mundo a fora. Tínhamos o Bolsa Atleta e se reduziu o número de atletas beneficiados. Vivemos em um estado onde não se investe no esporte e ode atletas precisam fazer vaquinha, rifas e pedir dinheiro para poder viajar e representar nosso estado”, destacou.

Para parlamentar tucana, a falta de investimento não se dá apenas quando se cita o nome dos atletas, mas também em termos de espaços físicos destinados à prática esportiva. “A deficiência do nosso Estado em termos de investimento no esporte se encontra também na criação de espaços públicos destinados ao treino das mais diversas modalidades esportivas, pois o que temos, até o momento, são áreas disponíveis para pessoas que se matriculam em um esporte e conseguem, assim, garantir o espaço para prática esportiva”, opinou.

Lei 10.817/2016 – A deputada Camila Toscano, que possui projetos em prol do desenvolvimento na prática de esportes, é também autora da Lei nº 10.817/2016, que institui o Dia Estadual do Atleta Paralímpico na Paraíba, comemorado, anualmente, no dia 22 de setembro.

Dados – A Pesquisa Suplementar Prática de Esporte e Atividade Física – PNAD 2015, realizada e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que para 118,6 milhões de brasileiros, o Poder Público deveria investir mais em atividades físicas e/ou esportivas, mas, por outro lado, 14,7% das pessoas pesquisadas afirmaram que o governo não deveria investir nesse tipo de atividade, enquanto 12% informaram não ter uma opinião formada acerca do assunto. 

Assessoria 
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário