Camila Toscano defende aprovação de projetos na área da saúde

DIA NACIONAL DA SAÚDE -  A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) defendeu, neste sábado (5), Dia Nacional da Saúde, aprovação de projet...

DIA NACIONAL DA SAÚDEA deputada estadual Camila Toscano (PSDB) defendeu, neste sábado (5), Dia Nacional da Saúde, aprovação de projetos de sua autoria que garantem melhorias à população paraibana. Uma das matérias determina que a rede pública estadual e privada de saúde ofereça leito separado para mães de bebês nascidos mortos. O outro propõe a obrigatoriedade de publicação na internet, com atualização mensal, da lista de espera dos pacientes que serão submetidos a cirurgias médicas eletivas realizadas com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com Camila, a propositura que oferece leito separado para mães de bebês nascidos mortos, também estabelece que caso solicitado e se for necessário seja oferecido o acompanhamento psicológico.

“Costuma-se dar grande atenção aos cuidados médicos e pouca ou nenhuma aos cuidados psicológicos dessas mães. Dessa forma, o apoio psicológico, entre outros aspectos, deve acompanhar a mulher no momento da despedida de seu filho. É fundamental que os profissionais que estão assistindo essa mãe, que passa pelo luto, a auxiliem na elaboração dessa perda. A ausência dessa experiência, segundo os especialistas, pode levá-las a reviver a situação de forma ainda mais dolorosa”, destacou a deputada.

Camila disse ainda que em muitas maternidades mães que acabaram de fazer o parto de um filho natimorto são colocadas junto com outras mulheres que tiveram bebês saudáveis e, não raro, precisam repetir aos profissionais do próprio hospital, durante as visitas de rotina, que o delas faleceu.

Transparência - A deputada disse que o projeto que garante obrigatoriedade de publicação na internet, com atualização mensal, da lista de espera dos pacientes que serão submetidos a cirurgias médicas eletivas realizadas com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) vai garantir mais transparência.

“Dessa forma poderemos combater as adulterações e fraudes em listas. O projeto garante a ampla fiscalização pelos pacientes e pelo próprio Sistema Único de Saúde, além do controle exercido por todos os órgãos de controle da Administração Pública e da sociedade”, destacou a deputada.

Assessoria 

LEIA TAMBÉM

SAÚDE 3740797132352733306

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item